<
>

Vasco: Justiça encontra menos de R$ 35 nas contas do clube, desbloqueia valor, mas penhora patrocínios

O Vasco tem convivido com dívidas nos últimos anos que tem causado problemas nas finanças do clube. E a última notícia pode preocupar os torcedores. Neste sábado (16), os valores pagos pelos patrocinadores da equipe foram penhorados pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

O valor, que chega perto de 39 mil reais, foi penhorado para o pagamento de uma dívida relacionada ao não pagamento de 570 m³ de areia lavada.

Acontece que a penhora inicial havia sido o bloqueio das contas do clube. Este, porém, obteve um resultado nulo, pois só foram encontrados R$ 34,48 em uma das contas como montante disponível.

Por isso, o juiz Eric Scapim Cunha Brandão, da 28ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), determinou que o valor pago ao clube pelos patrocinadores deveria ser penhorado no lugar.

Este pedido foi feito pela empresa Irmãos Fernandes Comércio de Materiais de Construção LTDA, fornecedora da areia lavada comprada pelo clube em janeiro de 2019 e que não foi paga.

O acordo não cumprido pelo Vasco era que a dívida deveria ser paga em cinco parcelas de R$ 6,16 mil, além de um valor de entrada de R$ 9,2 mil à empresa. A tudo isso deveriam ser somados R$ 4 mil em honorários advocatícios aos credores.