<
>

Presidente do River revela conversa para definir futuro de Gallardo após queda para o Palmeiras

Mesmo com a quase heróica remontada em cima do Palmeiras na semifinal da Conmebol Libertadores, o casamento entre River Plate e Marcelo Gallardo parece estar estremecido e ainda sem um futuro garantido.

Na última sexta-feira, em visita às obras do estádio Monumental de Núñez, Rodolfo D'Onofrio, presidente do clube argentino, respondeu apenas uma pergunta a respeito do futuro do treinador, uma vez que estava acompanhado de diretores do governo argentino.

Na ocasião, o mandatário máximo do River Plate colocou o estádio à disposição do governo para que seja um dos postos de testes da COVID-19 e, futuramente, um dos pontos de vacincação.

"Ele está de férias. Quando voltar, conversaremos a respeito, mas sempre é ele quem decide de forma pessoal, faz as análises e nos dirá se continuará ou não. Não tem nenhum plano b. Este é meu último ano à frente da direção então que o problema fique para quem assumir", disse o presidente.

Além de Gallardo, o River Plate pode ver outros nomes também darem adeus ao clube nas próximas semanas. Gonzalo Montiel, Ignacio Fernández e Enzo Perez são apenas alguns dos atletas que podem se transferir para outros clubes no futuro próximo.

A imprensa argentina chegou a noticiar logo após a eliminação para o Palmeiras, no Allianz Parque, que seis estrelas do clube anunciaram a Gallardo que não ficariam mais no clube.