<
>

Libertadores: Ídolo do Santos cutuca arbitragem do jogo de ida após classificação: 'Nem o VAR se atreveu'

O Santos é finalista da Conmebol Libertadores. Depois da classificação com direito a baile por 3 a 0 na Vila Belmiro sobre o Boca Juniors, o ídolo do clube Renato foi até seu perfil no Twitter para cutucar a arbitragem do primeiro jogo e celebrar a vitória.

“Tem que respeitar! Parabéns a todos, partida impecável de todos. Aqui é Santos! 'Santos, sempre Santos'. Nem o VAR se atreveu hoje”, escreveu o ex-meio-campista do alvinegro praiano.

Em sua última frase, o hoje supervisor técnico do Santos fez alusão ao pênalti não marcado pela arbitragem em Marinho na reta final da segunda etapa em La Bombonera. O lance causou muita controvérsia ao longo da semana.

No lance, Izquierdoz chega duro no atacante santista e o desloca com empurrão nas costas e trança pés, mas o juiz Roberto Tobar optou por marcar tiro de meta. Na revisão, o árbitro de vídeo nem chamou o colega à beira do campo.

Dentro de campo, nesta quarta-feira (13), o Peixe dominou o Boca Juniors do início ao fim e saiu com a vitória graças aos gols de Diego Pituca, Soteldo e Lucas Braga.

Agora, o time enfrentará o Palmeiras, que eliminou o River Plate, na decisão do dia 30 de novembro, no Maracanã. A bola rola às 17h e a partida terá transmissão ao vivo do FOX Sports, com tempo real do ESPN.com.br.