<
>

Após protesto em CT, organizada do Flamengo chama Marcos Braz de 'mentiroso' e cobra saída do cartola

O clima no Flamengo esquentou na última terça-feira (12). Torcedores foram ao Ninho do Urubu protestar contra os atletas, comissão técnica e diretoria por conta da má fase do time. Nas redes sociais, uma organizada do clube chamou o vice-presidente de futebol Marcos Braz de mentiroso e cobrou a saída do cartola.

De acordo com a nota oficial divulgada pela torcida Jovem, havia uma promessa de Braz para uma conversa com o elenco rubro-negro. No entanto, a entrada do grupo não foi autorizada, o que causou revolta no perfil oficial da organizada.

"O Flamengo é maior que tudo e todos. Ninguém e nada se equiparam à grandeza do nosso clube e, seguindo essa teoria, reiteramos que o tempo de tolerância diante da postura indigna do atual gestor de futebol, o sr. Marcos Braz, que se comprometeu há alguns jogos a marcar uma reunião com o elenco e os dirigentes, tendo em vista que é apenas com o intuito de nos aproximar mais dos jogadores com a intenção de ajudar e mostrar nosso apoio pleno", dizia o comunicado.

Durante a cobrança feita na porta do CT, gritos de 'time sem vergonha', 'para jogar no Flamengo tem que ter disposição' e 'fora Ceni' foram direcionados a cada carro que passava no local.

Uma faixa foi estendida pedindo a troca do comando técnico. O nome de Mauricio Souza, treinador do sub-20, foi exaltado e tratado como 'solução caseira' para melhorar o momento do time. Historicamente, o Flamengo utilizou técnicos auxiliares ou da base do clube em situações importantes, como Carlinhos, Andrade e Jayme de Almeida, todos campeões nacionais pelo time carioca.

Mesmo com toda a pressão, a diretoria decidiu manter Rogério Ceni no cargo. A atividade da última terça-feira, marcada para às 15h, começou com mais de uma hora de atraso. O presidente Rodolfo Landim foi ao Ninho e conversou com os atletas.

O Flamengo não vence há três jogos e viu a situação se agravar com as derrotas para Fluminense e Ceará, jogos disputados no Maracanã. No mesmo período, o líder São Paulo também perdeu suas partidas, causando uma frustração rubro-negra ao não conseguir tirar a diferença de sete pontos na tabela do Brasileirão.

Na quarta colocação, o Flamengo agora encara o Goiás, fora de casa, na próxima segunda-feira. A partida é tratada como a última chance de Rogério Ceni no comando técnico do time rubro-negro.

Veja a nota oficial na íntegra:

“Viemos, por meio dessa nota, expressar toda nossa indignação em relação à falta de respeito com o que além de ser notório, não é novidade para ninguém, o maior patrimônio do Flamengo, a sua torcida. Essa que se faz representada através das torcidas organizadas que não se julgam em hipótese nenhuma mais flamenguistas do que qualquer outro torcedor, mas, em contrapartida, se sente na obrigação de representar cada rubro negro tanto em apoio quanto em cobrança por postura compatível à grandeza do nosso clube.

O C.R. do Flamengo é maior que tudo e todos. Ninguém e nada se equiparam à grandeza do nosso clube e ,seguindo essa teoria, reiteramos que o tempo de tolerância diante da postura indigna do atual gestor de futebol, o Sr Marcos Braz, que se comprometeu há alguns jogos a marcar uma reunião com o elenco e os dirigentes, tendo em vista que é apenas com o intuito de nos aproximar mais dos jogadores com a intenção de ajudar e mostrar nosso apoio pleno.

Temos total consciência da capacidade técnica de todo o time, já nos foi provado em 2019, no ano que foi mágico. Diante disso, nos sentimos na obrigação de esclarecer na presença de cada um que veste o manto sagrado e representa nossas cores em campo, que estaremos sempre ao lado deles em qualquer circunstância, mas exigimos deles o mesmo respeito, comprometimento e dedicação que temos por nosso amado clube.

Sabemos que devido nossas mobilizações, seremos criticados por alguns canais de comunicação, mas toda e qualquer crítica não nos abalará porque vivemos e respiramos Flamengo. Nós somos o Flamengo. Por ele iremos ao extremo como clamamos em nosso hino: vencer, vencer, vencer, uma vez Flamengo, Flamengo até morrer.

“Respeitem a maior nação do mundo”

Rio de janeiro , 12 de janeiro 2021

G.R.C. Torcida Jovem do Flamengo

Att: diretoria“.