<
>

Jornais portugueses destacam 'sofrimento do Palmeiras', mas exaltam 2ª final de Libertadores seguida com técnico luso

A imprensa portuguesa deu grande destaque à classificação do Palmeiras de Abel Ferreira à final da Conmebol Libertadores, que veio mesmo com a derrota por 2 a 0 para o River Plate, nesta terça-feira.

Após a partida, os veículos de imprensa mais importantes do país destacaram o feito alviverde, mas também salientaram que tudo foi conquistado com "muito sofrimento" no Allianz Parque.

"Palmeiras sofre do início ao fim, mas vai à final da Libertadores", escreveu A Bola, em sua manchete.

"É o regresso a uma final da principal competição continental, a 5ª da sua história, 21 anos depois. Abel Ferreira tentará levar o Verdão a uma 2ª conquista, depois do distante triunfo de 1999", destacou.

Record e O Jogo também salientaram o fato de que, pelo 2º ano seguido, a final da Libertadores terá um treinador português.

Em 2019, Jorge Jesus, hoje no Benfica, foi campeão com o Flamengo em cima do River Plate.

"Fez-se história! Pelo 2º ano consecutivo, haverá um treinador português na final da Libertadores. Depois do triunfo por 3 a 0 na Argentina, o Palmeiras de Abel Ferreira perdeu agora em casa e sofreu a bom sofrer para garantir o apuramento para o jogo decisivo, 21 anos depois da última presença. Mesmo com menos um, o River ameaçou o empate na eliminatória várias vezes mas o azar, o VAR ou a eficácia defensiva do Verdão prevaleceram", escreveu o Record.

"Um jogo fantástico, que só terminou aos 55 minutos, com o árbitro a consultar as imagens para um possível pênalti para o River, que acabou por não ser assinalado! A final será dia 30, contra Santos ou Boca Juniors", complementou.

"Pelo 2º ano seguido, um treinador português chega à final da Copa Libertadores, com Abel Ferreira a suceder a Jorge Jesus, que o conseguiu com o Flamengo", salientou O Jogo.

"Gallardo, que perdeu a última final com o Flamengo de Jorge Jesus, vê-se agora afastado do jogo decisivo por outro português", finalizou A Bola.