<
>

Fluminense: Yago Felipe revela brincadeira de Ganso com o 'Flusquinha', fala em influência de Fred no vestiário e admite conversas sobre Libertadores

play
Fluminense: Yago Felipe revela conversas com Odair após sua saída e 'mensagem especial' após Fla-Flu (1:33)

Volante foi o grande herói do clássico com gol da virada marcado nos acréscimos (1:33)

O Fluminense voltou a vencer no Campeonato Brasileiro na última semana, com a virada em cima do Flamengo, por 2 a 1. O resultado se deu graças ao gol de Yago Felipe, nos acréscimos do duelo.

E, após a partida, a torcida celebrou, não somente a vitória, mas também o retorno do 'Flusquinha' que ele e o zagueiro Nino compraram, e se tornou um amuleto durante a boa fase na temporada.

E a celebração também ocorreu dentro do elenco. Em entrevista ao ESPN.com.br, o volante revelou uma brincadeira de Ganso, que disse que o carro não poderá mais voltar para a oficina para a fase seguir boa.

“Eu confesso que estava ansioso para ver como ele tinha ficado. Quando foi para a oficina, a gente estava no G-4. Nesse período, a gente deu uma bambeada, mas ele voltou na hora certa. Foi um baita reforço para o Fluminense. É o xodó da torcida, dos jogadores, também”, disse.

“Ontem, depois da vitória, o Ganso virou para a gente e falou: ‘Olha, o 'Flusquinha' não pode ficar na oficina, não. Tem que ficar com a gente, que a gente vai para a Libertadores’. Então, todos brincam, é um momento bem legal. E ficou muito bonito”, completou.

play
1:33

Fluminense: Yago Felipe revela conversas com Odair após sua saída e 'mensagem especial' após Fla-Flu

Volante foi o grande herói do clássico com gol da virada marcado nos acréscimos

Um dos líderes do elenco tricolor tem sido o capitão e ídolo Fred. Yago falou que sua influência dentro do vestiário ultrapassa o futebol jogado nas partidas, mas vai também na motivação por querer correr ainda mais.

“É impressionante, eu sou privilegiado de poder trabalhar e jogar com o 'Don', com o Fred. É um ídolo, referência em todos os sentidos para nós. Ele entende o que é Fluminense, a gente vê dentro de campo, ele correndo”, afirmou.

“Eu penso: 'O Fred que é ídolo, artilheiro, campeão de tudo, aqui, está correndo para caramba, eu não posso correr menos que ele, eu tenho que fazer alguma coisa por ele'. Não só por ele, mas por todos os jogadores. Ele passa muito isso, cobra, briga, tem o jeito dele, mas passa muita experiência para os mais novos, fala muito bem, se expressa muito bem”, ressaltou.

Por fim, Yago ainda falou sobre a disputa por vaga na Libertadores. Entre os jogadores, a comissão técnica e a diretoria, o assunto já é tratado como uma briga real, em que o time está incluído.

“Nós tínhamos um discurso de pensar jogo a jogo, de tratar cada jogo como uma final. Mas é inevitável dizer que estamos brigando por coisas maiores. A pontuação que nós estamos na classificação mostra que estamos na briga”, destacou.

“O discurso é esse, do presidente, da nossa comissão, dos jogadores, também. Nós estamos na briga para buscar essa vaga na Libertadores que seria a premiação de todo esse trabalho, do ano passado, juntando com esse ano”, finalizou.