<
>

Tropeços de São Paulo e Flamengo fazem Atlético-MG dobrar chances de título; veja probabilidades

As derrotas de São Paulo e Flamengo na última quarta-feira (6) foram boas para o Atlético-MG, segundo colocado do Campeonato Brasileiro, que viu suas chances de título aumentarem.

Antes dos dois rivais, líder e terceiro colocado, pela ordem, entrarem em campo, os atleticanos tinham 5% de probabilidade de serem campeões. Agora saltaram para 10%.

A informação é do “FiveThirtyEight”, site parceiro da ESPN especializado em calcular as probabilidades de título e rebaixamento utilizando uma série de combinações (mando de campo, quantidade de jogos, rivais etc.).

Derrotado pelo Red Bull Bragantino por 4 a 2, em Bragança Paulista, o São Paulo ainda aparece como o favorito ao título. Tem 55% de chance ser campeão. Antes, tinha 61%.

Já o Flamengo, que perdeu de virada para o Fluminense por 2 a 1, no Maracanã, e já convive com pedidos de torcedores para a demissão do técnico Rogério Ceni, passou de 28% para 24%.

O São Paulo lidera o torneio com 56 pontos, enquanto Atlético-MG e Flamengo têm 49 cada um.

Vale lembrar que o time rubro-negro tem um jogo a menos que o São Paulo. O Atlético-MG também tem um a menos que o rival tricolor porque deveria ter enfrentado o Santos, mas o duelo foi adiado para o dia 27 por causa do compromisso santista na Conmebol Libertadores --empatou com o Boca Juniors sem gols, na Argentina.

Os atleticanos fazem o primeiro jogo em 2021 somente na próxima segunda-feira (11) contra o Red Bull Bragantino, em Bragança Paulista, mas duelo será válido pela 29ª rodada do torneio.

Quem também viu as chances aumentaram (ainda que muito pouco em relação aos líderes) foi o Grêmio, equipe que derrotou o Bahia por 2 a 1, em Porto Alegre. Saltou de 2% para 5%, com 48 pontos.

Na briga contra o rebaixamento, apesar de o Vasco ainda entrar em campo --joga nesta quinta-feira (7) contra o Atlético-GO, fora-- a situação parece bem mais difícil de ser revertida.

Lanterna, o Coritiba tem 97% de chance de queda, enquanto o Botafogo, derrotado pelo Athletico-PR e penúltimo colocado, tem 90%. O Goiás, que derrotou o time curitibano, tem 79%. Já o Vasco, 40%.

Outros times que aparecem cotados nessa luta são Fortaleza (20%), Bahia (32%) e Sport (32%). Bragantino e Atlético-GO estão mais confortáveis, com 2% e 5% de risco, pela ordem.