<
>

Zé Ricardo segue conselho de empresário e não acerta com o Vasco, que segue sem técnico

Zé Ricardo não será o novo treinador do Vasco. Depois da demissão de Ricardo Sá Pinto, ele era o grande favorito para o cargo. A informação foi noticiada primeiramente pelo “Globo Esporte” e confirmada pela reportagem.

Pesou principalmente o desejo de o treinador querer pegar um novo trabalho 'do zero'. No Vasco, ele teria 12 rodadas até o fim do Campeonato Brasileiro para tentar evitar o rebaixamento – o time abre o Z-4, no 17º lugar.

O empresário de Zé Ricardo, Júlio Taran, também teve papel importante no desfecho negativo. Ele não gostou da forma e condições de trabalho do clube carioca e aconselhou o treinador a não avançar nas tratativas. Segundo o representante, Zé Ricardo também negocia com um clube do Japão.

A negociação por um novo técnico, depois da demissão de Sá Pinto, é tocada tanto pelo atual presidente, Alexandre Campello, quanto pelo eleito Jorge Salgado.

Para Zé Ricardo, o acerto com o Vasco seria um retorno ao clube, no qual teve passagem entre 2017 e 2018. Seu último trabalho foi em 2019, no Internacional.

Com 28 pontos após 26 partidas, o Vasco tem a mesma pontuação que o Bahia, que é o 16º colocado no Brasileiro, o primeiro fora da zona de rebaixamento.

Na comparação com o adversário, os cariocas têm uma partida a menos.