<
>

Buffon revela grande frustração em passagem pelo PSG de Neymar: 'Penso 3 ou 4 vezes por semana'

play
Neymar manda recado para garoto de 11 anos que sofreu com racismo em campeonato amador: 'Transforme isso em amor' (0:52)

Luiz Eduardo, do Uberlândia Academy, sofreu injúrias raciais durante jogo de várzea na cidade (0:52)

Buffon ganhou praticamente tudo que disputou em sua longa e bem-sucedida carreira de goleiro, menos o mais cobiçado dos troféus, a Uefa Champions League, em que foi vice-campeão duas vezes. Mas nenhuma dessas campanhas martela a cabeça do italiano de 42 anos como a edição de 2018-19.

Após anos na Juventus, Buffon aceitou o desafio de atuar pelo Paris Saint-Germain, onde foi companheiro de Neymar, Cavani e Mbappé. O esquadrão francês acabou eliminado nas oitavas de final para o Manchester United, após vitória marcante por 2 a 0 em Old Trafford e uma dolorosa derrota por 3 a 1, no Parque dos Príncipes.

É essa partida que Buffon, em entrevista ao L'Equipe, disse não esquecer.

"Peno nesse jogo pelo menos três ou quatro vezes por semana. Me traz muitos arrependimentos", afirmou o goleiro, que ficou apenas um ano no PSG antes de voltar à Juventus.

"Tinha certeza que chegaríamos à final naquela temporada. Em Manchester, ganhamos um jogo grande, com uma grande demonstração de força da nossa equipe. E, infelizmente, eu me culpo por um erro terrível. Um erro que, pela minha experiência, não deveria ter cometido", continou Buffon.

"Pensamos que [o jogo de volta] era uma formalidade, e eu me deixei levar por esse sentimento. Como se fose uma partida de pouco valor, porque já tínhamos vencido por 2 a 0 no primeiro jogo. E eles tinham dois jogadores disponíveis e nove garotos".

Na partida citada por Buffon, um desfalcado United deu demonstração de força ao abrir o placar logo a 2 minutos, com Romelu Lukaku. O PSG chegou a empatar com Juan Bernat, mas o belga recolocou o time de Manchester à frente. O gol da classificação saiu aos 49 minutos do segundo tempo, em pênalti cobrado por Marcus Rashford.

Aos 42 anos, na reta final da carreira, Buffon tem mais uma chance de ser campeão europeu na atual temporada. A Juventus, que avançou em primeiro lugar no grupo que tinha o Barcelona, enfrenta o Porto nas oitavas de final, em partidas marcadas para 17 de fevereiro e 9 de março.