<
>

Padres citam exemplo de Milão e pedem que estádio San Paolo não vire apenas Diego Armando Maradona

A mudança de nome do Estádio San Paolo para Diego Armando Maradona está agora no centro de uma polêmica em Nápoles. De acordo com informações publicadas pelo jornal Il Mattino, Crescenzio Sepe, arcebispo da cidade no sul da Itália, recebeu uma carta de padres locais pedindo para que se posicione contra a mudança definitiva da casa do Napoli.

Segundo a publicação, os sacerdotes Salvatore Giuliano, Luigi Merola, Carmine Amore, Lello Ponticelli e Armando Sannino pediram para que o estádio mantenha seu nome em homenagem a São Paulo, que segundo a doutrina da Igreja Católica foi um apóstolo de Jesus Cristo, sendo apontado como um dos pilares do cristianismo.

Na avaliação dos padres, o estádio em Nápoles pode ser renomeado em homenagem a Maradona, desde que se mantenha como 'San Paolo', em caso semelhante àquele que ocorre com Milão, com o Estádio Giuseppe Meazza-San Siro, onde jogam Inter de Milão e Milan.

“O Estádio San Paolo deveria manter o nome do santo que nos trouxe Jesus. Com humildade, sentimos a responsabilidade de vos dizer isto. Todos concordamos com uma coisa: não queremos apagar a história. Seria bom nomear o estádio San Paolo-Maradona, como em Milão onde há o San Siro-Meazza. Seria um compromisso certo para salvar a fé e honrar um campeão”, detalha a carta.

Mesmo com o pedido, há uma forte tendência de que o estádio seja renomeado para Diego Armando Maradona em breve. Ao menos é isso o que espera Luigi de Magistris, prefeito de Napoles.

Em entrevista ao jornal Il Messaggero, o governante espera que a mudança aconteça de forma oficial nos próximos dias. O Napoli entrou em campo um dia após da morte de Maradona, no último dia 25 de novembro, em partida marcada por homenagens ao craque argentino.

“Li propostas alternativas, mas no fim das contas o nome será Stadio Diego Armando Maradona. O procedimento será o mais rápido possível. Tenho motivos para acreditar que o nome poderá se tornar oficial a partir da próxima partida em Nápoles”, disse.

Diego Maradona é o maior ídolo da história do Napoli e participou das maiores conquistas do clube. Entre 1984 e 1991, o argentino conquistou dois Campeonatos Italianos, uma Copa da Itália, uma Supercopa da Itália e a Copa Uefa de 1989, além de marcar 115 gols em 259 partidas.