<
>

Irmão revela como técnico campeão mundial com Maradona saberá da morte de seu ex-capitão

Último técnico campeão do mundo pela Argentina, Carlos Bilardo ainda não sabe que Diego Armando Maradona, seu pupilo em 1986, morreu há pouco mais de uma semana. Devido o frágil estado de saúde, a família o tem poupado e já estuda como vai comunicá-lo.

“A morte de Diego é algo que estará presente na mídia por quatro, cinco ou vinte dias e isso complica, porque Bilardo assiste televisão e vê muitos jogos”, disse Jorge Bilardo, irmão do ex-treinador, em entrevista ao Cielo Sports.

“Falei com Ruggeri e ele vai se encontrar com dois ou três jogadores para ver como faremos. Veremos como ele reage”, disse Jorge.

Segundo ele, a família tirou o acesso de Bilardo a TV, dizendo que o sinal da operadora está cortado e sem previsão de ajuste. Assim, ele passa o tempo assistindo séries e filmes no NetFlix, plataforma de streaming por assinatura, sem qualquer tipo de noticiário.

“Ele está bem, vendo a série Pablo Escobar. Ele vive em um apartamento com enfermeiro 24h, com o conforte de ter os netos, Glória [esposa] e os amigos. Algo que ele não podia ter na clínica onde estava internado”, disse o irmão do comandante argentino no Mundial de 1986.

Bilardo sofre da síndrome de Hakim-Adams, doença neurodegenerativa que necessita de cuidados intensivos. Ele costumava definir Maradona como o filho que não teve. O camisa 10 também era muito carinhoso e dizia que o treinador era como um segundo pai para ele.

Maradona morreu no último dia 25 de novembro aos 60 anos em casa, em Tigre, na região metropolitana de Buenos Aires, por uma parada cardiorespiratória.