<
>

Rollo diz que Santos deve concluir negociação por Soteldo nos próximos dias

O presidente do Santos, Orlando Rollo, diz que a negociação com o Huachipato (CHI) está novamente próxima de ser concluída. O Conselho Deliberativo aprovou a situação no dia 21 de outubro.

“Situação complicada, contrato exige o ok do Huachipato do Chile, Santos no Brasil, agente na Venezuela. É burocrático. Huachipato tentou mudar algumas vezes o que foi acordado. Não é culpa deles, clubes tentam melhorar condição. E não está acostumado com a dinâmica do Conselho do Santos. Difícil eles acreditarem neste sistema, gera desgaste. Não é dolo do Huachipato… Está praticamente resolvido e devemos resolver nos próximos dias”, disse Rollo.

O Santos “devolveria” 50% dos direitos econômicos ao Huachipato. O Peixe do ex-presidente José Carlos Peres combinou de pagar 3,55 milhões de dólares (R$ 20 milhões) em 2019 e não transferiu um real sequer. Soteldo ficaria na Vila Belmiro até os chilenos negociarem o meia-atacante.

Com o “sim” santista, o Huachipato retiraria da Fifa uma cobrança de 7,2 milhões de dólares (R$ 40 mi) diante do calote do clube brasileiro. A equipe ainda pagaria 200 mil dólares (R$ 1,1 milhão) diretamente ao camisa 10 para quitar dívidas em luvas, premiação e direitos de imagem.

Por fim, o Santos ficaria com 10% do valor que exceder uma venda de Soteldo pelo Huachipato por no mínimo 8 milhões de dólares (R$ 45 mi). Essas condições foram aprovadas pelo Conselho e são base do acerto atual com os chilenos.