<
>

Owen chama Fred de 'patético' e diz que brasileiro nunca mais deveria ser escalado no Manchester United

play
O primeiro tempo quente de Neymar contra o Manchester United (0:44)

O camisa 10 do PSG discutiu com o compatriota Fred e ainda foi 'caçado' pelo volante Scott McTominay; no fim, vitória por 3 a 1 em pleno Old Trafford, com Neymar fazendo dois gols (0:44)

Atualmente comentarista do canal inglês BT Sport, o ex-atacante Michael Owen detonou a atuação do volante Fred, do Manchester United, na derrota por 3 a 1 para o PSG, nesta quarta-feira, pela Champions League.

O brasileiro foi expulso no 2º tempo, após levar o 2º cartão amarelo, e praticamente "condenou" os Red Devils à derrota em Old Trafford.

No entanto, o ex-Internacional poderia já ter sido mandado embora na etapa inicial, após dar cabeçada em Paredes, do PSG. O árbitro Daniele Orsato acabou "perdoando", mesmo após rever o lance no VAR.

Além disso, Owen, que defendeu o United na reta final da carreira, disparou contra o técnico Ole-Gunnar Solskjaer por não ter tirado Fred de campo no intervalo.

"Hoje, todo mundo errou. (No lance da cabeçada) Foi para cartão vermelho. Não foi muito forte, mas vamos lá, cara... Você é um homem crescido, não deve fazer essas coisas petulantes e colocar seu time em risco", disparou o ex-seleção inglesa.

"Se eu fosse o técnico e um dos meus jogadores fizesse isso, um lance de pura petulância, ele nunca mais jogaria comigo", garantiu.

"Fred foi realmente patético", completou.

O brasileiro foi expulso pela 1ª vez nas 14 partidas que realizou pelo Manchester United na temporada.

Com isso, ele está automaticamente fora do confronto decisivo contra o RB Leipzig, na semana que vem, valendo a classificação às oitavas da Champions.