<
>

Ex-presidente do Atlético-MG, Kalil fala de Cruzeiro na Série B e brinca: 'Se eu tivesse a receita para sair, não dava'

play
Dupla do Atlético-MG cobrada por organizada, futuro de Balbuena e mais: o Giro ESPN (2:06)

Assista às principais notícias da segunda-feira no Giro ESPN com Matheus Cobucci (2:06)

Entre um dos presidentes mais vitoriosos de toda a história do Atlético-MG, Alexandre Kalil conquistou títulos de expressão pelo clube como a Libertadores de 2013, além da Recopa e Copa do Brasil, ambas em 2014. Atualmente, ele dedica a carreira à política e recentemente foi reeleito como prefeito de Belo Horizonte, pelo PSD.

Kalil foi convidado do programa Roda Viva, da TV Cultura, e não deixou de falar sobre o bom e velho futebol. No primeiro tópico sobre o assunto na longa entrevista, foi questionado sobre a situação atual do Cruzeiro, arquirrival do Galo.

O ex-presidente do Atlético foi perguntado se haveria alguma espécie 'receita' para que a Raposa consiga retornar à elite do futebol brasileiro, e Kalil foi direto.

"O Cruzeiro é um caso muito diferente e ninguém notou. O Cruzeiro tinha time para ser campeão, elenco para ser campeão, salário para ser campeão e caiu para a segunda divisão, o que é um fato inédito. Quando o Atlético-MG caiu, não, tinha salário, direção de segunda divisão, e tudo de segunda divisão e caiu. O futebol não tem receita, é feito de fora para dentro, então...se eu tivesse a receita também (para o Cruzeiro) eu não dava, seu eu soubesse, mas eu não sei, eu também não dava", começou por dizer.

"Nós já sofremos muito na mão de cruzeirense, sofremos que nem cachorro na mão deles, quando nós caímos...eu não tenho receita e estou afastado. Tem uma coisa que ninguém sabe: cartola também fica velho. Eu tenho 61 anos, fui presidente do Atlético com 49, eu era um menino, então é uma diferença louca", concluiu.

Após iniciar a Série B da atual temporada com menos seis pontos por conta de punições, o Cruzeiro é o atual 16º colocado, com 28 pontos, 12 atrás do Juventude, que é o primeiro clube no G-4 da tabela.