<
>

Após especulações de saída, Federação Alemã confirma permanência de Joachim Low

A seleção da Alemanha foi alvo de enormes contestações depois de levar uma goleada humilhante por 6 a 0 da Espanha, pela Liga das Nações, em 17 de novembro.

O principal alvo das críticas era o técnico Joachim Low, que chegou a balançar no cargo.

No entanto, a Federação Alemã tomou decisão e comunicou que o treinador permanecerá à frente da equipe.

Em nota publicada no site oficial, a entidade defendeu a permanência do comandante, pois ele teria atingido os objetivos propostos: a qualificação para a Euro 2020, que será disputada em 2021, ter permanecido na elite da Liga das Nações e ser cabeça de chave no sorteio dos grupos para a Copa do Mundo de 2022.

Com esse suporte vindo da presidência da Federação, Low terá continuidade no trabalho que começou em 2008.

Nesse espaço de tempo, foram 189 partidas e 120 vitórias, com o título da Copa do Mundo, em 2014, e a conquista da Copa das Confederações, em 2017.