<
>

Felipão cita aspecto psicológico e desorganização do Cruzeiro em tropeços em casa

Desde a chegada de Felipão, o Cruzeiro melhorou seu aproveitamento e conseguiu sair da zona de rebaixamento da Série B. A Raposa vai muito bem jogando fora de casa, mas enfrenta dificuldades quando recebe adversários no Mineirão. Nesta sexta-feira, a equipe foi derrotada pelo Confiança-SE por 2 a 1, logo após vencer a líder Chapecoense no sul.

São uma vitória, dois empates e uma derrota jogando em casa desde a chegada do treinador, contra três triunfos e um empate atuando fora.

“É difícil explicar. A gente quer ou tenta fazer com que as coisas fiquem um pouco melhores para o nosso lado. A gente saí e joga uma partida muito correta, como contra a Chapecoense, e aqui, nos últimos jogos, saímos aos três, quatro, dez minutos atrás do placar, o que faz com que nossa equipe fique totalmente desorganizada”, analisou Felipão na entrevista coletiva após a derrota.

Nesta sexta-feira, o time levou gol olímpico aos quatro minutos.

“Nós sabemos que temos algumas dificuldades na equipe, principalmente no aspecto psicológico, nesse aspecto de jogarmos aqui e propormos o jogo… mas esses gols aos três, quatro minutos fazem com que nossa equipe desanime e nós sabemos disso, vamos trabalhar em cima do projeto que temos, principalmente quando jogamos aqui, porque fora temos um posicionamento melhor”, completou.

Com o resultado, o Cruzeiro segue com 28 pontos na 15ª posição. O Náutico, primeiro time dentro da zona de rebaixamento, tem 21 e pode diminuir a distância para quatro pontos com vitória na rodada.