<
>

Pressionado, Inter encara o Atlético-GO tentando 'estancar' sequência no Brasileirão que derrubou Odair em 2019

Após ter sua partida pela Conmebol Libertadores contra o Boca Juniors adiada por conta da morde de Diego Maradona, o Internacional volta a campo neste sábado (28), diante do Atlético-GO, pelo Campeonato Brasileiro. Fora de casa, o Colorado terá uma missão importante: tentar encerrar a incômoda sequência de jogos sem vitória no torneio.

A equipe do Beira-Rio não deixa o gramado com os 3 pontos no Brasileirão desde 18 de outubro, quando bateu o Vasco por 2 a 0 em casa, ainda com Eduardo Coudet no comando. Desde então, além da mudança de comissão técnica após a saída o técnico para o Celta de Vigo (ESP), o time gaúcho tem sofrido ainda a turbulência pela falta de vitórias na competição.

A oscilação em 2020 repete um cenário que atrapalhou o Internacional em 2019. Em busca das primeiras posições naquela edição do Brasileirão, o time também acumulou uma série de cinco tropeços. Assim como neste ano, o fato aconteceu em meados do torneio.

O Colorado chegou à 21ª rodada daquele Campeonato Brasileiro na quarta colocação, nove pontos atrás do líder Flamengo, justamente aquele que seria seu adversário no jogo seguinte. Derrotado por 3 a 1 no Maracanã, o Colorado iniciou ali uma sequência de mais quatro jogos de jejum: empates contra Palmeiras, Cruzeiro e Santos, além da derrota por 1 a 0 para o CSA.

O revés em Alagoas, inclusive, resultou na demissão do técnico Odair Hellmann. O resultado nessa série de tropeços foi a queda da quarta para a sexta posição, e uma diferença de 17 pontos para o líder Flamengo.

A oscilação em 2020 aconteceu algumas rodadas antes. Após empatar em 2 a 2 com o Rubro-Negro carioca no Beira-Rio, pela 18ª rodada, o Colorado já igualou a série de cinco jogos sem vitórias pelo Brasileirão, que ainda contou com o 2 a 2 diante do Coritiba dentro de casa, além das derrotas para Corinthians, Santos e Fluminense.

Assim como em 2019, o Internacional sentiu na tabela o reflexo dos tropeços. Líder no início da 18ª rodada, o time abrirá a 23ª jornada do Brasileiro na quarta colocação, seis pontos atrás do Atlético-MG, que assumiu a ponta da tabela. O Colorado ainda tem uma partida a menos do que os mineiros a cumprir.

A única vitória do Colorado neste período aconteceu pela Copa do Brasil. Após perder por 1 a 0 para o América-MG em Porto Alegre, a equipe conseguiu devolver o placar em Belo Horizonte, mas acabou superada nos pênaltis e deu adeus à competição.

Mesmo impactando diretamente na briga pelo título nacional, as sequências de cinco jogos sem vencer estão longe da mais dramática série recente do Internacional, que ficou 14 jogos sem um triunfo sequer no Brasileirão de 2016, quando foi rebaixado à Série B.

Ainda que com poucos jogos no comando da equipe, a oscilação da equipe em 2020 já respinga em Abel Braga, que tem duas derrotas pelo Brasileirão, e já vem sofrendo com críticas por não ter conseguido retomar o padrão de atuação que colocou o time na ponta da tabela.

Para a partida deste sábado, o Colorado poderá ter, inclusive, o retorno do treinador. Após testar positivo para COVID-19, o comandante foi ausência na partida contra o Tricolor das Laranjeiras. Após o período de isolamento estipulado pelo protocolo da CBF, o técnico será novamente submetido a uma avaliação. Se não apresentar sinais ativos do vírus, poderá voltar ao banco de reservas em Goiânia.