<
>

Compra em shopping e 'ajuste' de roupeiros: como Renato fez homenagem a Maradona em vitória do Grêmio

Na noite da última quinta-feira (27), o Grêmio foi ao Paraguai e venceu o Guaraní por 2 a 0, em partida válida pela ida das oitavas de final da Conmebol Libertadores.

Até mesmo uma derrota por um gol de diferença em casa classificará o Imortal no confronto de volta.

Apesar da expressiva vitória do time gaúcho, o que parece mesmo ter chamado a atenção de todos foi a homenagem que o técnico Renato Portaluppi fez a Diego Armando Maradona, que morreu na tarde da última quarta-feira (25).

Segundo informações do colunista Eduardo Gabardo, da Zero Hora, Renato teve a ideia da homenagem horas antes do início da partida e pediu ajuda para a empresa que cuida da logística do Grêmio para que comprassem uma camisa da seleção argentina.

Porém, houve dificuldade para encontrar qualquer produto ligado a Maradona devido a alta procura. Os responsáveis encontraram uma camisa em uma loja retrô e levaram para o treinador.

Os roupeiros do Grêmio precisaram colocar apenas um esparapro em cima da marca do patrocinador para que Renato não tivesse problemas.

A homenagem foi bem vista pela imprensa argentina. O diário Olé rasgou elogios para Renato Portaluppi e destacou a atitude criativa do treinador do Grêmio.

"Um treinador brasileiro à beira do campo com a camisa da Argentina? Sim, incrível. Aconteceu nesta quinta-feira. Um feito inédito que somente Maradona poderia ter causado. E que só Renato Portaluppi poderia ter feito. É que Renato não se importa com o que digam. Se deixou levar pelo coração", dizia a publicação.