<
>

São Paulo: Bruno Alves testa negativo para COVID-19, mas segue como desfalque e força zaga inédita

play
São Paulo pode pedir anulação de jogo contra o Ceará por lambança do VAR? Renata Ruel analisa (5:19)

O lance inicialmente foi anulado pela arbitragem de campo, que marcou impedimento, mas depois validado pelo VAR. Wagner do Nascimento Magalhães permitiu o recomeço da partida, mas, após o Ceará sair jogando, paralisou o jogo para nova revisão e anulou. (5:19)

O zagueiro Bruno Alves segue como desfalque do São Paulo no duelo deste sábado contra o Bahia, às 19h (de Brasília), na Arena Fonte Nova, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O defensor testou negativo para COVID-19, mas, por precaução, não viaja a Salvador para encontrar o elenco.

Um dos familiares do camisa 3 contraiu o novo coronavírus, e o clube preferiu cortá-lo da dobradinha tricolor no Nordeste. O jogador de 29 anos já havia testado negativo no início da semana. Apesar disso, ele ficou fora do empate em 1 a 1 contra o Ceará, no Castelão.

Como não se juntará à delegação, Bruno Alves ficará treinando no CT da Barra Funda. Ele deve voltar a ficar à disposição no confronto com o Goiás, na quinta-feira (3), válido pela primeira rodada do Brasileirão e que foi adiado pelo excesso de jogadores infectados pelo novo coronavírus à época.

Sem Bruno Alves, o técnico Fernando Diniz deve promover o retorno de Arboleda. O equatoriano, que perdeu espaço no começo do Brasileirão, larga na frente para substituir Diego Costa, que levou o terceiro cartão amarelo e não poderá atuar ao lado de Léo.

O São Paulo está invicto há 13 jogos no Brasileirão, com seis vitórias e sete empates, mas precisa voltar a vencer, o que não acontece há duas rodadas. O Tricolor atualmente ocupa a terceira colocação com 38 pontos, quatro a menos que o líder Atlético-MG.