<
>

Abalado por morte de Maradona, técnico vice com Argentina no Brasil em 2014 é internado

play
Pochettino conta história incrível do dia em que conversou com Maradona pela 1ª vez: 'Parecia que me conhecia pela vida toda' (2:24)

Treinador relembrou ligação para Maradona nos tempos de Newell's Old Boys (2:24)

O técnico Alejandro Sabella, vice-campeão com a Argentina na Copa do Mundo do Brasil em 2014, foi internado e passará por 'um check-up exaustivo', informou a família de Sabella à Agência Efe nesta quinta-feira (26).

Os parentes de Sabella contaram à Efe que a morte de (Diego) Maradona o afetou muito e que ele foi internado para um check-up completo por ser "um paciente cardíaco".

O treinador de 66 anos que venceu a Copa Libertadores de 2009 e a Liga Argentina de 2010 pelo Estudiantes de La Plata deixou a seleção argentina em 2014 e está sem clube desde então.

Nos últimos anos, ele sofreu de um tipo de câncer que não foi especificado.

“Quando estava lutando para ver se ainda estava aqui com vocês ou se ia para o outro lado, me lembrei do que disse aos meus alunos, aos meus jogadores: 'Vocês não podem dar menos de 100%.' Se eu perguntasse a eles, teria que lutar para me manter vivo ", disse ele em 2018.

Os médicos estimam que o treinador permanecerá internado pelo menos até esta tarde.

Como jogador de futebol, Sabella jogou pelo River Plate, Estudiantes de La Plata, Sheffield United, pelo clube mexicano Irapuato e também pelo Grêmio.

Antes de iniciar a carreira como técnico, Sabella foi assistente técnico de Daniel Passarella na seleção argentina de 1994 a 1998 (participou da Copa do Mundo de 1998 na França), na seleção uruguaia e nas seleções do Parma, Monterrey, Corinthians e River Plate.