<
>

Menotti, técnico de Maradona na seleção e no Barcelona: 'Estou feito m*** pela morte dele'

O ex-treinador César Luís Menotti, que comandou Diego Armando Maradona na seleção da Argentina e do Barcelona, ficou "destruído" com a notícia da morte do ex-jogador, nesta quarta-feira, aos 60 anos.

Muito emocionado, Menotti, que tem 82 anos, mal conseguiu conter as lágrimas ao lembrar do amigo.

"Não posso acreditar, é terrível. Não tenho nenhuma explicação, só muita dor. Não há opinião que sirva para isso tudo. Estou feito m***. Não tenho cabeça para falar. Estou destruído", lamentou.

"Conheço sua família. Conheci seu pai e sua mãe. Estive muitas vezes em sua casa. Ainda não consigo acreditar. Com tudo o que ele superou, e estava sob cuidados... Foi uma surpresa trágica", seguiu.

Menotti foi o responsável pela estreia de Maradona na seleção argentina.

Além disso, ele dirigiu o craque no Mundial sub-20 de 1979, em que a Albiceleste foi campeã, e na Copa do Mundo de 1982, na Espanha.

"Eu estive com ele em todos os lugares, em todos os episódios graves que ele passou. Convivemos juntos por muitos anos. Estou destruído", finalizou.

Maradona faleceu nesta quarta, vítima de uma parada cardiorrespiratória. Ele tentou ser reanimado pelos médicos, mas seu corpo não resistiu.

Seu funeral será realizado na Casa Rosada, sede do Governo da Argentina.