<
>

Jornal argentino é irônico com Walter em Athletico-PR x River: 'Deu peso, em todos os sentidos possíveis'

Atual vice-campeão da Libertadores, o River Plate penou para arrancar um empate diante do Athletico-PR, que tinha 12 desfalques por conta da COVID-19, em 1 a 1, na Arena da Baixada, em partida válida pela ida da fase oitavas de final da Libertadores.

A equipe brasileira vai à Argentina no próximo dia 1° de dezembro e terá de vencer ou empatar por dois ou mais gols para avançar às quartas de final. Um empate em 0 a 0 dá a classificação ao River Plate.

Com uma série de problemas e precisando dar conta da equipe de Gallardo, o Athletico sustentou o 0 a 0 no primeiro tempo e tentou ter mais poder de fogo com a entrada de Walter, que de fato melhorou a partida para os donos da casa.

Porém, mesmo após perder 20 quilos, o atacante segue sendo alvo de comentários gordofóbicos.

O diário Olé, da Argentina, destacou a entrada do atacante em campo e fez alusão ao 'peso' que deu à partida 'em todos os sentidos' por conta da forma física do atleta.

"...dizimado paranaense graças a um Walter que contribuiu de peso -em todos os sentidos- no ataque do time de Autuori no segundo tempo, que arrastou sua marca e destravou a marcação de Pinola e de um Paulo Díaz que deixou um buraco para o também entrou Bissoli para acertar com o tempo do Palermo em 2000 contra a trave de um Armani que teve que dar um passo à frente para estreitar o gol", dizia o texto.

A publicação ainda elogiou o desempenho técnico de Walter e destacou a movimentação ofensiva do atleta no gol de Bissoli, no segundo tempo.

Nos minutos finais, Paulo Díaz deixou tudo igual e colocou o River em uma situação mais confortável no mata-mata.