<
>

Natan, do Flamengo, se desculpa por expulsão 'mesmo sem entender o que aconteceu'

O zagueiro Natan, do Flamengo, ficou inconformado com a expulsão no empate por 1 a 1 contra o Racing, em duelo válido pelas oitavas de final da Conmebol Libertadores.

Ele usou as redes sociais para negar que tenha ofendido o juiz - do banco de reservas - na partida realizada na Argentina.

"Referente ao que foi divulgado pelo árbitro da partida na súmula, gostaria de me posicionar deixando claro para todos que em momento nenhum xinguei o juiz. Quem me conhece sabe que jamais iria fazer isso ou algo do tipo ", disse o jogador, via "Twitter".

O jogador não estará em campo contra o time argentino no jogo de volta, que será realizado no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. "Infelizmente fui escolhido aleatoriamente para receber o vermelho, que me deixou fora da próxima partida. Peço desculpas a todos, mesmo sem entender até agora tudo que aconteceu. Estou triste com o cartão, mas bola para frente, seguir firme e trabalhando".

Além de Natan, o time não terá Thuler, que foi expulso. Por outro lado, Rodrigo Caio deve ter como condições de jogar a partida completa.

Com o empate por 1 a 1 fora de casa, o Flamengo avança com 0 a 0 ou com uma vitória simples.