<
>

D'Alessandro anuncia que não renova e se despede do Inter no fim do ano: 'Encerro minha história'

play
D'Alessandro anuncia que não renova com o Internacional: 'Encerro a minha história, não o ciclo. Essa palavra deixo para medíocres' (2:45)

Atleta, que seguirá jogando, assumiu responsabilidade pelo anúncio: 'Para que as duas partes não criem expectativas' (2:45)

Andrés D’Alessandro não será mais jogador do Internacional em 2021. Nesta segunda-feira, o argentino anunciou sua decisão de não renovar com o clube e seguirá a carreira em outro lugar no próximo ano. Segundo ele, foi uma escolha pessoal.

“Não renovarei contrato a partir de 31 de dezembro. A minha vida no Sport Club Internacional termina no dia 31 de dezembro. Decidi não renovar contrato”, disse o jogador de 39 anos, antes de ler um comunicado aos jornalistas e torcedores.

“Em primeiro lugar, a decisão vem sendo amadurecida há uns meses. Pela sequência da carreira, não poderia esperar para decidir. Decidimos antecipar esse anúncio, para que não se criem expectativas. O Inter vai seguir, gigante como é, e o D’Alessandro vai seguir como atleta. Vou seguir jogando, não sei quanto tempo. Encerro minha história.”

D’Alessandro chegou ao Internacional em junho de 2008 e só interrompeu sua história na equipe gaúcha em 2016, emprestado ao River Plate. Em 2017, retornou.

Nas duas passagens, o argentino somou títulos da Conmebol Libertadores, Copa Sul-Americana, Recopa Sul-Americana e sete Campeonatos Gaúchos.

Falando o torcedor colorado, D’Alessandro fez questão de ressaltar que a decisão foi pessoal, acompanhado do atual presidente Marcelo Medeiros.

“Torcedor, não permita que essa decisão seja utilizada politicamente. O que estamos falando aqui não tem a ver com direção, técnico, grupo... Tem a ver com a minha vida. Fechando a minha história, muito vitoriosa e bonita. Essa é a verdade.”

“Inter, é muito difícil você resumir em palavras 12 anos, 13 títulos, centenas de vitórias e momentos importantes. O que posso afirmar com certeza é que o Inter me levou a novo patamar. Sai novo do River, fui para Europa e apareceu o desafio para jogar em um grande do Brasil, para mim, o maior de todos. Foi a melhor decisão da minha vida, atingi a consagração, vivi meus melhores dias”, seguiu.

play
1:51

D'Alessandro se emociona com despedida do Internacional: 'Torcedor se sentiu representado e identificado em campo por mim'

Jogador não renovará contrato, mas segue pelos próximos 40 dias: 'Nada perdido, o campeonato está aberto'

“Tivemos momentos de turbulência, mas é normal. Temos 40 dias pela frente, vamos dedicar tudo. Para buscar recuperação. Não é nosso melhor momento, sabemos, mas nada perdido. Somos candidatos sim, assim como temos condição na Libertadores. Vamos fazer nosso melhor. Quem está aqui, o mesmo grupo que fez coisas importantes este ano, pode fazer de novo”, encerrou ele.

O Inter é atualmente quarto colocado do Brasileiro, a três pontos do líder Atlético-MG. Nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), o time de Abel Braga começa a decidir as oitavas da Libertadores contra o Boca Juniors, da Argentina, no Beira-Rio.