<
>

Coudet aguarda liberação da Federação Espanhola para dirigir Celta após ver derrota na 'estreia' da arquibancada

O Celta de Vigo fez neste sábado (21) sua primeira partida sob o comando direito de Eduardo Coudet, mas não teve o treinador à beira do campo. 'Vetado' por regras da UEFA, o argentino viu das arquibancadas do Estádio Ramón Sánchez Pizjuán seu time ser derrotado por 4 a 2 pelo Sevilla, na rodada deste fim de semana de La Liga.

Segundo regulamento da entidade que rege o futebol europeu, para que um treinador estrangeiro possa comandar uma equipe no Velho Continente são necessários cinco anos de trabalho à frente de um time profissional. Pelas regras da UEFA, o argentino ainda não poderia dirigir o clube de Vigo antes do fim da atual temporada.

Diante do cenário, a saída encontrada pela diretoria foi buscar uma autorização ainda que provisória para que Coudet possa estar à frente da equipe na próxima rodada. O caso é semelhante ao do também argentino Jorge Almirón, que passou pelo mesmo à frente do Elche, e também recebeu aval da RFEF (Real Federação Espanhola de Futebol).

Após sair atrás no placar ainda no começo da partida, o Celta conseguiu virar o jogo diante do Sevilla, que conseguiu empatar no último minuto do primeiro tempo. Já na segunda etapa, os donos da casa marcaram mais duas vezes, e deram números finais ao jogo.

Com sete pontos em dez rodadas disputadas, o Celta de Vigo é o vice-lanterna de La Liga, e pode terminar o fim de semana na última posição, caso o Valladolid consiga vencer o Granada fora de casa, neste domingo (22).

Os Rojiblancos, inclusive, são os próximos adversários da equipe de Vigo, em partida agendada para o próximo domingo (29), no Estádio de Balaídos. A expectativa é de que Coudet possa ter a liberação da Federação Espanhola para estar à beira do campo.