<
>

São Paulo de Diniz ostenta feito que clube só conseguiu na época do tri brasileiro consecutivo; compare

Embalado por eliminar o Flamengo e voltar à semifinal da Copa do Brasil após cinco anos, o São Paulo volta a dar atenção exclusiva do Campeonato Brasileiro neste domingo (22), quando enfrenta o Vasco, às 16h (de Brasília), no Morumbi. O Tricolor, dono do melhor aproveitamento da competição (66,7%), defende a maior série invicta da atual temporada e a chance de entrar na história recente do clube.

Desde a adoção do formato de pontos corridos, em 2003, o São Paulo só teve três invencibilidades maiores do que a do atual time, que não perde há 11 rodadas. E essas campanhas aconteceram justamente nos melhores anos do clube: o tricampeonato brasileiro seguido, em 2006, 2007 e 2008.

A liderança do ranking pertence ao time de 2008, que passou 18 jogos, os últimos daquele campeonato, sem uma derrota sequer. Após perder para o Grêmio no antigo Olímpico, logo na primeira rodada do returno, o São Paulo fez uma campanha de recuperação para disputar o título contra o próprio time gaúcho. Com 12 vitórias e seis empates, o time de Muricy Ramalho festejou o primeiro e único tri seguido de sua história.

Logo atrás aparece a equipe de 2007, responsável pelo quinto título brasileiro da história são-paulina. A série de 14 vitórias e dois empates fortificou o Tricolor, que tinha no sistema defensivo o seu principal pilar de sucesso, e embalou a conquista mais antecipada da história do Brasileirão de pontos corridos até então - o Cruzeiro, em 2013, e o Flamengo, no ano passado, igualariam a marca depois. A taça foi confirmada em 31 de outubro, com quatro rodadas de antecedência, em um 3 a 0 contra o América-RN, no Morumbi.

O elenco de 2006, também capitaneado por Rogério Ceni e dirigido por Muricy Ramalho, fecha o pódio das invencibilidades tricolores nos pontos corridos. Foram 13 jogos sem perder, com oito vitórias e cinco empates. Naquela temporada, o São Paulo foi vice-campeão do Campeonato Paulista, da Conmebol Libertadores e da Recopa Sul-Americana, mas encontrou forças para vencer o Brasileiro após 15 anos.

É neste pódio que a equipe de Fernando Diniz tem a chance de entrar. Com seis vitórias e cinco empates nos últimos 11 jogos, o São Paulo precisaria passar pelo Vasco, neste fim de semana, e depois pelo Ceará, quarta-feira (25), no Castelão, para se igualar à marca de 2006. Chegar ao time de 2008 significaria superar, sem nenhuma derrota, mais os jogos contra Bahia (fora), Goiás (fora), Sport (casa), Botafogo (casa) e Corinthians (fora).

O primeiro passo, porém, já promete ser complicado. O Vasco é um dos dois times - o outro é o Atlético-MG - a derrotar o São Paulo no Campeonato Brasileiro. Em São Januário, a então equipe de Ramon Menezes fez 2 a 1. Agora com o português Ricardo Sá Pinto, o Cruzmaltino tentará quebrar o encanto tricolor.

Veja abaixo as 10 maiores invencibilidades do São Paulo em pontos corridos:

  1. 18 jogos em 2008 (12 vitórias, 6 empates)

  2. 16 jogos em 2007 (14 vitórias, 2 empates)

  3. 13 jogos em 2006 (8 vitórias, 5 empates)

  4. 11 jogos em 2020 (6 vitórias, 5 empates)

  5. 10 jogos em 2006 (5 vitórias, 3 empates)

  6. 9 jogos em 2019 (5 vitórias, 4 empates)

  7. 9 jogos em 2014 (6 vitórias, 3 empates)

  8. 9 jogos em 2014 (7 vitórias, 2 empates)

  9. 9 jogos em 2009 (8 vitórias, 1 empates)

  10. 9 jogos em 2003 (7 vitórias, 2 empates)