<
>

Corinthians se corrige após quase três meses e anuncia que vai receber menos em venda de lateral

play
Carlos Augusto abre 'namoro' que teve com o Monza e fala sobre o projeto grandioso do clube, que espera ser um dos grandes da Europa (1:05)

Lateral disse que 'foi o momento certo' para deixar o Corinthians e ir à Itália (1:05)

O Corinthians corrigiu na manhã desta sexta-feira (20) as informações sobre valores que receberá em caso de uma nova negociação envolvendo Carlos Augusto, que foi vendido ao Monza (ITA), no fim de agosto.

De acordo com nova nota oficial, o clube paulista ‘terá direito a 60% do lucro’ de uma futura negociação, e não '60% do valor'. Segundo informa a diretoria do Corinthians, a diferença no modelo de negócio foi 'explicado equivocadamente' no anúncio sobre a venda do lateral-esquerdo ao clube da segunda divisão italiana.

A informação foi divulgada na noite da última quinta-feira pelo portal Globoesporte, e confirmada agora também pelo Corinthians. O clube paulista recebeu 4 milhões de euros pela transferência do jogador formado nas categorias de base.

Veja abaixo a nova nota oficial emitida pelo Corinthians:

“O Sport Club Corinthians Paulista retifica informação sobre a negociação do lateral-esquerdo Carlos Augusto.

Em 28 de agosto de 2020, o clube emitiu uma nota informando a venda do atleta ao Monza. Foi explicado equivocadamente que o Corinthians teria direito a 60% do valor de uma futura transferência do jogador.

A informação correta é que o clube terá direito a 60% do lucro que o Monza venha a obter em uma futura negociação.”

Veja a nota oficial emitida pelo Corinthians em 28 de agosto:

"O Sport Club Corinthians Paulista confirma, nesta quinta-feira (28) que concluiu junto à Associazione Calcio Monza, da Itália, a venda do atleta Carlos Augusto. No acordo, o Clube terá também direito a 60% do valor em uma futura transferência.

Titular na reta final do Campeonato Paulista, Carlos, 21 anos, chegou ao Corinthians em 2011. Nas categorias de base, foi campeão do Paulistão Sub-13, da Copa do Brasil Sub-17 e da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Subiu à equipe principal do Timão em 2018 e fez parte da conquista do Paulistão do ano passado, além de ter anotado um gol com o manto alvinegro – contra a Chapecoense, na Arena Corinthians, pelo Brasileirão do ano passado.

A diretoria agradece Carlos por todos os serviços prestados nestes nove anos defendendo a camisa corinthiana – desde o Terrão – e deseja sucesso na sequência de sua carreira."