<
>

Jornal vê Flamengo em dificuldades para pagar Fiorentina e revela Porto e Sporting de olho em Pedro

O jornal italiano La Nazione, da cidade de Florença e com bom acesso aos bastidores da Fiorentina, publicou neste sábado várias novidades sobre as negociações envolvendo a equipe violeta e o Flamengo pelo atacante Pedro.

O atleta da seleção brasileira está emprestado ao Rubro-Negro até o final de 2020, e o Fla deve comprá-lo se quiser que ele siga no elenco.

No entanto, o veículo vê o clube brasileiro em dificuldades para arcar com os valores da negociação em definitivo pelo centroavante.

"Em 31 de dezembro, o Flamengo deverá desembolsar 14 milhões de euros, mais 2 milhões de euros de bônus, para comprar o jogador da Fiorentina, segundo o acordo feito com os brasileiros. O Fla claramente quer fazer de tudo para segurar o atacante, que está vivendo um momento extraordinário. Mas o período que o clube carioca atravessa não é dos melhores no aspecto econômico. A pandemia de COVID-19 está 'mordendo' não só a nível de saúde, mas também as contas do clube do Rio de Janeiro", escreveu.

"Os dirigentes da equipe da Gávea perguntaram à Fiorentina sobre a possibilidade de diluir os pagamentos e ter o controle direto de Pedro. Ou , numa segunda opção, renovar o empréstimo e executar a compra apenas na próxima temporada, na mesma modalidade atual. No entanto, os requerimentos foram negados, sem possibilidade de negociação", acrescentou.

O jornal ainda revela que dois gigantes de Portugal já estão de olho na situação: Porto e Sporting.

"Já há dois clubes que colocaram os olhos no novo camisa 9 da seleção verde-e-amarela: Porto e Sporting têm dinheiro para pagar o que a Fiorentina quer egarantir seu retorno ao futebol europeu no próximo ano. O Porto, inclusive, espera que ele seja um novo Mário Jardel, que fez 130 gols em 125 partidas pelo time", recordou.

Na atual temporada, Pedro soma 17 gols em 30 partidas pelo Flamengo.

Na última segunda-feira, o matador fez sua estreia pela seleção brasileira, entrando no 2º tempo da vitória por 1 a 0 sobre a Venezuela, pelas eliminatórias da Copa do Mundo-2022.