<
>

Leonardo causa fúria de organizada do PSG ao dizer que Paris 'nunca foi exatamente a cidade do futebol' na França

Nesta semana, Leonardo deu uma declaração dizendo que Paris não é uma cidade de futebol e foi rebatido por Luis Fernández, ícone do clube. O clima esquentou agora com a torcida do Paris Saint-Germain.

Se o ex-treinador e jogador pediu para o diretor respeitar a história do PSG, uma torcida organizada do clube francês também cobrou o diretor. E com um forte texto. Veja abaixo trechos do comunicado divulgado nas redes sociais.

“A entrevista com o diretor desportivo do nosso clube, Leonardo, no dia 10 de novembro, e sobretudo na nossa sala do Parc des Princes, não deixou de nos desafiar. Não é porque a riqueza e a beleza da Cidade das Luzes não se limitam ao futebol que não somos uma cidade do futebol e não respiramos PSG”.

“Por outro lado, o que restaria em Marselha sem futebol? Sujeira? A boa mãe? Nostalgia de um passado futebolístico desonesto e fantasioso? É surpreendente que o Sr. Leonardo não tenha pensado antes em mencionar o fervor, a lealdade, a dedicação incomparável de seus próprios torcedores, mesmo e principalmente quando o nosso clube estava à beira do rebaixamento”, dizia o texto, que não parou por aí.

“Mas para isso é preciso conhecer a história do nosso clube, amá-lo e respeitá-lo. Sem dúvida, você deve conhecer seus apoiadores e, acima de tudo, o povo do Parc des Princes. Talvez 46 jogos apenas como jogador de um clube e um retorno à gestão quando as associações de torcedores foram banidas do Parque não sejam suficientes para conhecer o fervor de Paris? Que outro clube viu seus torcedores lutarem ferozmente por 6 anos para conseguir recuperar o acesso ao seu estádio?”.

“Senhor Leonardo, consideramos que a ligação entre o atleta e as arquibancadas deve ser forte, profunda e repleta de respeito recíproco para que a instituição seja forte e unida. Para isso, talvez precisamos nos conhecer, o que nunca quis fazer desde o seu regresso. Você verá, pode ser mais fácil e agradável do que uma reunião administrativa. Principalmente quando você sair, finalmente saberá que nossos torcedores parisienses vivem pela nossa cidade, nossas cores e para honrar a história do nosso clube”, por fim.