<
>

Napoli critica decisão da Federação Italiana ao manter punição por W.O. e avisa que acionará Comitê Olímpico

O caso de W.O. do Napoli em compromisso contra a Juventus no começo de outubro segue tendo desdobramentos. Após recurso recusado pela Federação Italiana de Futebol (FIGC), o clube napolitano soltou comunicado informando que acionará o Conselho de Garantia Desportiva do Comitê Olímpico Nacional Italiano (Coni) - maior autoridade dos esportes na Itália.

"O SSC Napoli toma conhecimento da decisão do Tribunal de Justiça Desportiva e já está preparando o recurso para o Conselho de Garantia Desportiva da Coni", diz o documento divulgado nesta terça-feira (10).

A partida em questão teria acontecido em 4 de outubro, no entanto, dois jogadores e outro membro do Napoli foram diagnosticados com coronavírus, o que, de acordo com as normas da Fazenda Sanitária Local (ASL), proibiu o elenco de viajar para Turim.

E como o protocolo aprovado pela FIGC declara que, em caso de testes positivos para a doença sejam relatados os não-diagnosticados devem seguir os compromissos, o Napoli foi punido com a derrota por 3 a 0 em W.O. e a perda de um ponto na tabela.

Sobre a decisão da Federação de manter a punição após o clube recorrer, este aponta negligência e que tal atitude deslegitima o trabalho das autoridades de saúde da região.

"O Napoli não concorda plenamente com a decisão, que lança sombras inaceitáveis sobre a conduta da Empresa, negligenciando documentos muito claros a seu favor e deslegitimando o trabalho das autoridades regionais de saúde".

O comunicado ainda completa: "O Clube sempre perseguiu valores, como a lealdade e o mérito esportivo e, neste caso, irá empreender todas as iniciativas para fazer jus à sua conduta orientada para o respeito à saúde pública e para que o campo seja o único juiz a decidir o resultado de uma partida de futebol".

Na atual situação, o Napoli ocupa a terceira colocação da tabela da Série A, com 14 pontos em sete partidas. Na frente, está o Milan, com 17 pontos, e o Sassuolo, com 15.