<
>

'P* escândalo' e 'árbitro que ninguém fez nada': diretor do Barça e jornais catalães reclamam de pênalti para o Real

No El Clásico deste sábado, vitória do Real Madrid por 3 a 1 sobre o Barcelona. Pelo lado catalão, muita reclamação por parte da origem do segundo gol: o pênalti sofrido por Sergio Ramos.

Na ocasião, o VAR chamou o Martínez Munuera para verificar o puxão de Clément Lenglet em Sergio Ramos. O árbitro confirmou a penalidade e irritou os jogadores em campo, além do diretor esportivo do Barcelona, Xavi Vilajoana.

“Isso é um p*** escândalo. Munuera, vai à m***”, esbravejou o cartola nas redes sociais.

Nos jornais espanhóis, também muita reclamação da jogada. Em coluna feita por Añlbert Masnou, do diário Sport, a escalação de Munuera para a partida já causava controvérsia. Ele acusou o árbitro de ser ter simpatia ao Real Madrid e que, mesmo assim, ninguém fez nada.

“Inventou um pênalti que acabou decidindo o clássico”, disse Masnou, que ainda reclamou de um pênalti de Casemiro em Lionel Messi ignorado pela arbitragem.

Em campo, as equipes fizeram um jogo movimento desde o início. Em nove minutos, já estava 1 a 1, com Federico Valverde marcando para os merengues, enquanto Ansu Fati igualou.

Na segunda etapa, Sergio Ramos ampliou em cobrança de pênalti. No fim da partida, Modric, com extrema frieza, ampliou.

Thibaut Courtois e Neto brilharam com grandes defesas. Enquanto o belga fez milagre em chute de Messi, o brasileiro fez grandes defesas em finalizações de Kroos e Sergio Ramos.