<
>

Interino do Palmeiras faz apelo à diretoria para quando novo técnico chegar: 'Precisa de tempo'

Após a goleada por 5 a 0 do Palmeiras sobre o Tigre, pela Conmebol Libertadores, o técnico interino da equipe alviverde, Andrey Lopes, comentou a busca do Verdão por um novo treinador, já que o cargo está vago há uma semana, após a demissão de Vanderlei Luxemburgo.

Neste meio tempo, o time do Palestra Itália tentou contratar o espanhol Miguel Ángel Ramírez, do Independiente Del Valle, mas as negociações não deram certo.

Agora, a diretoria alviverde segue em busca de um comandante. E, independentemente de quem chegar, Andrey fez um apelo aos cartolas palmeirenses: que o novo técnico tenha tempo para desenvolver um trabalho.

"Para qualquer técnico do mundo a gente cobra tempo de trabalho. Para o treinador vir aqui no Palmeiras ou a qualquer clube do Brasil, nós estamos cobrando isso: tempo, tempo, tempo", afirmou.

"Então, para ter um trabalho de qualidade, que tenta intensidade, que seja ofensivo ou reativo, não vai vir um treinador para o Palmeiras que coloque suas ideias e, em pouco tempo, tenha princípios, subprincípios, avance no quadrante... Não existe isso", argumentou.

"Tem que ter tempo. Qualquer profissional tem que ter tempo. Eu posso ajudar, sim (como auxiliar-fixo da comissão, a adiantar o processo). A minha função é essa. Vou ajudar o profissional que vier. Precisar dar tempo ao profissional. Vou ajudar, a direção sabe. E quem vier será recebido da melhor maneira possível", completou.

Com o triunfo sobre o Tigre, o Verdão terminou com a melhor campanha da fase de grupos da Libertadores.

Agora, a equipe palestrina aguarda para saber quem será seu adversário nas oitavas de final.

O sorteio que define os confrontos de mata-mata acontecerá nesta sexta-feira, às 11h (de Brasília).