<
>

LaLiga tem Real e Barça perdendo e líderes inusitados; veja resumo da rodada

O fim de semana reservou uma rodada para lá de atípica no Campeonato Espanhol, sendo que Real Madrid e Barcelona perderam na mesma jornada pela primeira vez desde setembro de 2018.

Com isso, há uma dupla inesperada na liderança da classificação de LaLiga, que ainda contou com uma caneta dupla e uma expulsão de uma joia do Real. Confira o resumo da sexta rodada:

Em uma atuação irreconhecível, o Real foi derrotado em Madri pelo Cádiz por 1 a 0 pela primeira vez na história. O time recém-promovido abriu o placar aos 16min de bola rolando em sua SÉTIMA finalização no confronto.

Vinicius Jr. tentou de diferentes formas, mas não viveu um sábado inspirado e não evitou a primeira derrota da equipe merengue desde 8 de março em LaLiga – eram 15 partidas de invencibilidade na competição.

O Barcelona também perdeu com uma atuação irreconhecível diante do Getafe por 1 a 0. Foi o primeiro revés do time sob o comando de Ronald Koeman e a primeira derrota para o adversário desde 2011.

Assim, o Atlético de Madrid aproveitou para chegar a oito pontos, ultrapassando o Barcelona (sete) e encostando no Real Madrid, que tem dez unidades e um jogo a mais.

Os colchoneros fizeram 2 a 0 no Celta, em Vigo, e conseguiram a 200ª vitória de Diego Simeone como técnico em LaLiga, com um gol de Luis Suárez no começo e outro de Carrasco já no fim.

A equipe ainda comprovou sua força defensiva, sendo que levou apenas um gol após quatro partidas na competição.

O topo da classificação é da Real Sociedad, que visitou o Betis e ganhou por 3 a 0, chegando a 11 pontos. Apesar da derrota, a equipe da casa conseguiu um dos lances mais bonitos da rodada, com Loren Morón dando duas canetas em sequência no mesmo adversário.

Outro time que chegou a 11 pontos e fica atrás no saldo de gols (8 a 0) é o Villarreal, que bateu o Valencia por 2 a 1, em casa. Paco Alcácer e Dani Parejo apliacaram a ‘lei do ex’ em dose dupla para dar o triunfo ao Submarino Amarelo.

A notícia ruim para os mandantes foi a expulsão de Take Kubo, promessa emprestada pelo Real Madrid, que entrou em campo aos 19min do segundo tempo e viu o vermelho já nos acréscimos de partida.