<
>

Barcelona está 'convencido' de que perderá Messi para o Manchester City em 2021, diz jornal inglês

play
Em meio aos carrões do elenco, Guardiola chega com carro 'simples' e batido para jogo do Manchester City (0:24)

Treinador espanhol foi 'flagrado' por João Castelo Branco antes da partida contra o Arsenal (0:24)

O jornal inglês Mirror publicou neste sábado (17) que o Barcelona já está "convencido" que perderá Lionel Messi para o Manchester City na próxima temporada.

O argentino vive seus prováveis últimos meses no Camp Nou, pois tem contrato até junho de 2021. Messi gostaria de ter saído em agosto, como deixou claro em um burofax enviado à diretoria, mas desistiu por não ser liberado em comum acordo.

De acordo com a publicação inglesa, o técnico Ronald Koeman está "resignado" que só terá o craque sob seu comando até o fim desta temporada, uma vez que sua vontade é se juntar novamente a Pep Guardiola na Inglaterra, em uma experiência inédita na carreira.

"Esperava que Messi ficasse nesta temporada. Se ele tivesse saído no verão, eu estaria em uma situação muito diferente no Barcelona. Ele quis sair, mas o clube foi muito claro. A multa era tão alta que nenhum clube do mundo poderia pagar", disse Koeman, em declarações publicadas pelo Mirror.

"Fui até a casa dele para ouvir o que tinha a dizer, mas também expliquei a ele que eu não era responsável pelos problemas com o clube e prometi que iria trabalhar para mudar as coisas", continuou o treinador holandês.

Messi, por enquanto, tem quatro partidas na atual temporada, todas pelo Campeonato Espanhol. Soma um gol e duas assistências, números até certo ponto modestos, mas que agradam Koeman. O técnico já elogiou publicamente sua postura.

City e Messi não se pronunciam oficialmente sobre o interesse mútuo, o que deixa o futuro aberto. Mas, nos bastidores, o clube inglês já tinha contas feitas para bancar a contratação e um projeto elaborado para oferecer ao camisa 10.