<
>

Gomes diz que 'fator Mourinho' coloca o Tottenham na briga pelo título inglês: 'Só a presença dele coloca o clube como um dos favoritos'

play
Gomes relembra seus tempos de Tottenham, diz que Pochettino é 'gênio do futebol' e elogia Mourinho: 'Só a presença já coloca o time entre os favoritos da Premier League' (4:31)

Ex-goleiro anunciou aposentadoria e falou em entrevista exclusiva para os Canais Disney (4:31)

Com sete pontos em quatro rodadas, o Tottenham busca colar nos líderes da Premier League. O clube londrino volta a campo neste domingo (18 de outubro) para encarar o West Ham, em casa, com transmissão exclusiva dos canais ESPN.

Os Spurs buscam na temporada 2020-21 o inédito título na era Premier League. E, de acordo com um ex-Tottenham, as pretensões da equipe londrina passam pelas mãos do técnico José Mourinho.

O ex-goleiro Gomes, que anunciou a aposentadoria em primeira mão ao ESPN.com.br, afirmou que o treinador português coloca o Tottenham como um dos favoritos ao título do Campeonato Inglês por conta, simplesmente, de sua presença.

"A gente não pode deixar de discutir isso. O Mourinho continua um dos grandes treinadores. Só a presença dele no Tottenham coloca o clube como um dos principais times da competição. Talvez, na última temporada não tenha conseguido colocar a identidade dele no time. Mas, você já viu agora o time de hoje. Talvez tenha mais a cara do Mourinho”, afirmou.

Gomes relembrou sua chegada ao Tottenham na temporada 2008-09 e a dimensão diferente que o clube tem nos dias atuais. O ex-goleiro falou sobre o episódio inusitado em sua apresentação aos Spurs, quando os jornalistas deram risada de suas pretensões.

"A diferença da minha época para essa época, eu cheguei no Tottenham e minha entrevista foi a seguinte: 'Gomes, você saiu para o PSV para vir para o Tottenham. Quais seus objetivos?'. Disse que era conquistar a Premier League e riram de mim (risos). Então, hoje você pode dizer que o Tottenham é um dos candidatos. Ao menos para ficar entre os quatro. Com o Mourinho, é uma possibilidade a mais para acreditarem que podem ganhar o título inglês. Há uns dois, três anos, o Tottenham teve um time melhor. Talvez com o Bale agora possam igualar o time que o clube teve com o Mauricio Pochettino. Já na minha época era eu quebrar no Peter Crouch e a gente brigar pela segunda bola”, contou o ex-goleiro que, em seguida, apostou quais serão os principais rivais do Tottenham em uma possível briga pelo título inglês.

"Está muito indefinido o campeonato. Com essa pandemia, não sabemos como será. Uns times reagem com torcida melhor que outros. Talvez, essa falta de torcida fará com que time grande fique para trás. E é o que está acontecendo nesse início. Mas, nunca podemos descartar o Manchester City, o Chelsea, que está com um time, no papel, perfeito. E o Arsenal com o Willian, que está jogando muito, também é um candidato ao meio disso tudo. Não sei se o Manchester United conseguirá engatar algo nessa temporada. Quando fui para a Inglaterra, minha maior vontade era jogar contra o United. Alguns times sofrem mais do que os outros sem torcedores no campo", finalizou.