<
>

Técnico da Espanha sai em defesa de De Gea após novo erro: 'Vocês amam fazer isso'

O técnico da Espanha, Luis Enrique, defendeu David De Gea depois que o goleiro do Manchester United voltou a ter uma atuação decepcionante. Dessa vez foi na derrota para a Ucrânia por 1 a 0, na última terça-feira (13), pela Liga das Nações.

Viktor Tsygankov observou De Gea fora de posição e chutou ao gol, anotando o gol do triunfo ucraniano aos 31 minutos do segundo tempo. Foi o primeiro revés da Espanha desde novembro de 2018.

Os visitantes dominaram o jogo em Kiev, ao acertar 21 remates contra apenas dois da Ucrânia, mas não conseguiram aproveitar efetivamente o que criaram antes de serem atingidos em um contra-ataque.

O desempenho levantou mais dúvidas sobre a falta de um número 1 confiável --e um artilheiro natural do outro lado do campo-- antes da Eurocopa do próximo verão.

"Você sempre pode fazer mais", disse Luis Enrique ao ser questionado sobre a responsabilidade de De Gea pelo gol. "Mas para culpá-lo é um mau hábito, vocês [jornalistas] amam fazer isso."

"Todos nós poderíamos fazer mais, começando por mim. Quando você tem um bolo, você o divide. Quando recebe um prato de comida que está estragando, você também compartilha. Todos poderíamos ter feito mais, mas em um jogo como isso, se você vai culpar De Gea, vamos para casa."

De Gea foi titular em todos os quatro jogos da Liga das Nações nesta temporada, enquanto Kepa Arrizabalaga, do Chelsea, foi escolhido para um empate sem gols com Portugal na semana passada.

Aos 29 anos, o goleiro do United, que chegou do Atlético de Madrid em 2011, tem sido constantemente criticado por suas exibições na seleção nacional, ainda mais desde uma exibição desastrosa na Copa do Mundo de 2018.

Ele manteve seu lugar, em parte, devido à falta de alternativas confiáveis. Kepa era visto como o sucessor de De Gea após sua transferência de 80 milhões de euros para o Chelsea em 2018, mas desde então tem lutado por seu espaço na Premier League.

Os erros de Kepa nos primeiros jogos do Chelsea contra o Brighton e o Liverpool levaram o clube contratar Edouard Mendy, do Rennes, como um substituto potencial.

Apesar da derrota de terça-feira, a Espanha continua na liderança do Grupo 4 da Liga das Nações com sete pontos, à frente da Alemanha, que empatou com a Suíça por 3 a 3.