<
>

Liga das Nações da Uefa: Sob comando de Shevchenko, Ucrânia surpreende e bate Espanha pela primeira vez na história

A zebra apareceu lá no Estádio Olímpico de Kiev! A Ucrânia recebeu a Espanha pela 4ª rodada da fase de grupos da Liga das Nações da Uefa e surpreendeu, vencendo por 1 a 0, com gol de Tsygankov, que saiu do banco - a primeira vitória sobre os espanhóis na história da seleção.

Como a Alemanha ficou no empate com a Suíça em partida do mesmo horário, a seleção espanhola segue na liderança no grupo A4, com 7 pontos, enquanto os alemães ficam empatados com os ucranianos em 6 pontos, e a Suíça segue na lanterna com 2.

A partida foi de amplo domínio da seleção espanhola, que terminou a partida com 72% de posse de bola e teve 21 chances de gol contra apenas 2 da seleção da casa, que não marcava um gol contra esses adversários desde 2003, quando Andryi Shevchenko marcou.

E falando nele, o ídolo ucraniano estava no banco de reservas, dessa vez como treinador. E sua estratégia não poderia ter dado mais certo, especialmente no segundo tempo, quando seu time até conseguiu aparecer um pouco mais.

Depois (e antes também) de muita pressão espanhola, o gol da vitória ucraniana saiu só aos 30 minutos do segundo tempo, quando ao time de Shev encaixou contra-ataque em que Yarmolenko deu passe incrível a Tsygankov, que havia saído do banco e deu apenas dois toques na bola para bater De Gea (muito mal posicionado), acertando o canto de fora da área.

Outro jogador que merece destaque é o goleiro Bushchan, com uma atuação que seu país vai demorar ara esquecer.

Este foi o primeiro jogo de volta da fase de grupos, de forma que restam mais dois confrontos para cada seleção a serem disputados na próxima convocação, em novembro.

Ficha técnica

Ucrânia 1 x 0 Espanha

GOLS: Tsygankov (UCR).

UCRÂNIA: Bushchan; Sobol, Mykolenko, Zabarnyi, Karavaiev; Shaparenko, Makarenko, Sydorchuk (Kovalenko); Zubkov (Tsygankov), Yaremchuk, Yarmolenko. Técnico: Andriy Shevchenko

ESPANHA: De Gea; Reguilón, Pau Torres, Ramos, Navas; Merino (Ceballos), Rodri, Canales (Olmo); Fati (Ferrán Torres), Rodrigo (Oyarzabal), Traoré. Técnico: Luis Enrique.

Estatísticas

  • Essa foi a vitória da Ucrânia na história do confronto

  • Antes dessa partida, as seleções se enfrentaram em 7 jogos oficiais: 6 vitórias espanholas e 1 empate

  • Nesses jogos, a Ucrânia havia marcado apenas 3 gols - o último deles em 2003 com, justamente, o atual treinador Shevchenko

  • A posse de bola espanhola foi imensa: 72%

  • Nas finalizações (certas), mais domínio visitante: 2 (1) para a Ucrânia x 21 (8) da Espanha


Classificação

GRUPO A4

1. Espanha: 7 pontos
2. Alemanha: 6 pontos
3. Ucrânia: 6 pontos
4. Suíça: 2 pontos


Próximos jogos

Cumpridos os dois compromissos pela Nations League desta convocação, ambas as seleções retornam a atuar por amistosos, em novembro:

  • Quarta-feira, 11/11, 15h45*, Holanda x Espanha

  • Quarta-feira, 11/11, 15h45*, Polônia x Ucrânia

*horário de Brasília