<
>

Messi ganhou as Champions para o Barça, não as táticas de Guardiola, dispara ex-técnico do Bayern

play
Neymar encanta mais que Messi pela seleção? Zupak concorda e explica (1:41)

O jogo coletivo superior da seleção brasileira é crucial na análise de Zupak acerca da comparação (1:41)

Com Pep Guardiola e Lionel Messi, o Barcelona venceu duas edições da Champions League. Muitos críticos avaliam que a união dos dois gênios foi o que propiciou ao Barça um dos grandes momentos da própria história. Mas não é assim que Wolfgang-Felix Magath, ex-técnico Bayern de Munique (2004-2007) e de muitos outros clubes da Alemanha, vê.

“Ele ganhou apenas por causa de Lionel Messi, que pode decidir os jogos a qualquer momento. Não foi Guardiola que ganhou”, disse o veterano treinador em entrevista para a revista alemã “Sport Bild”.

"Sem Messi, o sistema [de jogo] nunca funcionou com tanto sucesso para Guardiola, caso contrário ele teria vencido a Champions League com o Bayern ou o City há muito tempo”, completou o alemão.

Os títulos europeus do Barcelona foram em 2008/09 (mesma temporada que venceu LaLiga e Copa do Rei, coroando a triplice coroa) e 2010/11. A marca daquele time era o tiki-taka, um toque de bola insistente e que envolvia o adversário.

Guardiola colocou em prática o mesmo estilo de jogo no Bayern de Munique, equipe que treinou por três temporadas, e no Manchester City, onde está desde 2016/17. Não conseguiu obter sucesso internacional.

“O tiki-taka só funciona se você tiver jogadores tecnicamente superiores ao adversário. Para o espectador, segurar a bola, como eu chamo [o sistema de Guardiola], é chato e um time de ponta não precisa disso”, disse Magath.

“Na minha opinião, Guardiola geralmente se perde ao tentar ganhar um jogo com antecedência. Essa tática geralmente termina em decisões erradas, que impedem o sucesso”, completou.

O treinador catalão, que saiu do Barcelona em 2012 depois de ganhar 14 troféus importantes, não conseguiu conquistar o melhor troféu da Europa desde então. Ninguém dúvida que voltar a vencê-lo é uma obsessão.

Apesar dos três títulos da Bundesliga com o Bayern, ele sofreu três derrotas consecutivas nas semifinais da Champions para Real Madrid, Barcelona e Atlético de Madrid, respectivamente.

Da mesma forma, ele teve um enorme sucesso doméstico com o Manchester City, ganhando dois títulos da Premier League, uma Copa da Inglaterra e três Copas da Liga Inglesa, mas ainda não conseguiu ir além das quartas de final na Europa.

play
0:17

A estranha declaração de De Bruyne sobre a possibilidade de Messi jogar no City

O astro belga disse 'não se importar'