<
>

Palmeiras quer centroavante, descarta retorno de Borja, mas pensa em renovação até 2022 para vendê-lo

Uma das contratações mais caras da história do Palmeiras, o centroavante Miguel Borja definitivamente não faz parte dos planos do clube paulisra para a temporada 2021. O ESPN.com.br apurou com fontes ligadas ao atleta e ao clube paulista que o retorno do centroavante para a equipe de Vanderlei Luxemburgo não acontecerá e que a ideia da diretoria é emprestá-lo novamente.

Na última terça-feira, conforme antecipado pela reportagem ainda no mês de setembro, Palmeiras e Junior Barranquilla retiraram a obrigatoriedade de compra do contrato do centroavante. Desta maneira, Borja poderá seguir atuando pelo clube colombiano sem que o Junior tenha que adquirir o atleta em definitivo ao final do período de empréstimo, que acontece no final do mês de dezembro.

O Junior, muito por conta da pandemia de COVID-19, passou por sérios problemas financeiros e informou o Verdão nos últimos meses que não teria condições de permanecer com o atacante. O ESPN.com.br apurou também que a diretoria alviverde tem um planejamento específico para o centroavante e pode até mesmo estender o vínculo com o atleta por mais um ano para ter mais tempo para conseguir um novo empréstimo e até mesmo uma venda em definitivo.

O Palmeiras tem nas próximas duas janelas de transferências a possibilidade de uma renovação de contrato unilateral com Borja. Com contrato com o clube paulista até dezembro de 2021, o colombiano pode estender o vínculo até o final de 2022, o que daria ao Palmeiras e a Juan Pablo Pachon, empresário do atleta, tempo suficiente para encontrar um novo clube que ficaria com o atacante por empréstimo ou até mesmo tivesse uma cláusula de compra atrelada ao contrato.

Palmeiras busca centroavante no mercado, mas descarta ficar com Borja

A reportagem do ESPN.com.br apurou ainda com fontes ligadas ao clube que o Palmeiras tem consciência de que precisa de um novo centroavante para a temporada 2021. No momento, o único nome de origem que o Verdão tem no elenco é Luiz Adriano. Willian atua também pelo setor, mas por conta da falta de opções para o setor.

Nos bastidores, o nome mais sonhado pelo Palmeiras para a próxima temporada é o de Hulk. O atacante que está no Shanghai SIPG informou que não permanecerá na China para o próximo ano e que tem o sonho de atuar no Palmeiras. Conforme antecipado pela reportagem ainda em meados de julho, João Paulo Sampaio, coordenador das categorias de base do Palmeiras, é amigo de Hulk e tem feito o "meio-campo" das conversas entre as partes.

Apesar de toda a empolgação em contar com o atacante, nos bastidores, o Alviverde vê a situação toda com sobriedade e sabe que o atleta terá e baixar consideravelmente os vencimentos para que consiga um acordo com o clube, que faz uma política de austeridade financeira no período de pandemia.