<
>

Guga fala de confiança no título, salários no Atlético e conta bastidores de Sampaoli nos treinos: 'Chega na garganta'

play
Guga elogia 'lado motivacional' de Sampaoli: 'Faz a gente sempre dar o melhor' (1:52)

Lateral concedeu entrevista exclusiva à ESPN (1:52)

O Atlético-MG lidera o Campeonato Brasileiro com 27 pontos e um jogo a menos. Sob comando de Jorge Sampaoli, o time alvinegro é um dos favoritos na competição. O Brasileirão é a ‘obsessão’ do Galo, que não conquista o torneio desde 1971.

Em entrevista exclusiva à ESPN, o lateral-direito Guga abriu o jogo sobre o elenco alvinegro: ‘xingos’ de Sampaoli, foco do grupo, mudanças táticas, desejo de levantar a taça e salários no Atlético.

Na último jogo, na vitória por 4 a 1 contra o Vasco, Guga marcou seu primeiro gol com a camisa do Galo em uma cobrança de pênalti.

"A gente treina bastante, eu, Keno, Sasha, Arana... praticamente todos os dias depois do treino a gente fica treinando os pênaltis. Contra o Atlético-GO já estava combinado que eu ia bater, eu já tinha falado com o Sasha, mas eu não estava mais no jogo quando aconteceu. Já tinha saído. Aí o Keno bateu. Eu comentei com ele que o próximo eu ia bater, ele foi muito tranquilo (...) Graças a Deus fui feliz", conta o lateral.

SAMPAOLI ‘NA GARGANTA’

No Campeonato Brasileiro, jogando em casa, o Atlético só sabe o que é vencer: seis jogos no Mineirão e seis vitórias.

Mas como manter o foco e não relaxar na competição?

"Quando a gente chega de uma vitória importante, é normal estar um pouco relaxado no treinamento, e aí no primeiro passe errado o Sampaoli já chega na nossa garganta, gritando... já deixa a gente ligado. Não deixa a gente relaxar. Se não o homem já vem bravo".

Veja a resposta completa de Guga abaixo, que deu risada ao contar bastidores do Sampaoli nos treinos

play
2:09

Guga exalta 'pilha' de Sampaoli em treinos: 'Não pode relaxar ou ele já vem na nossa garganta gritando'

Lateral concedeu entrevista exclusiva à ESPN

BOA FASE

Mesmo sem a torcida presente nos estádios, o lateral de 22 anos comenta a ‘energia’ que os jogadores recebem e também a importância de vencer o Brasileiro.

"Com os resultados positivos tudo fica mais fácil, querendo ou não, tudo fica mais leve, a torcida tem mais paciência com todo. Mesmo que eles não estejam no estádio, a gente sente. Eles já foram na porta do CT, no Mineirão. A gente sente essa energia. Está todo mundo confiante com esse campeonato”.

“Se a gente mantiver nessa pegada e nesse foco, a gente tem grande chances de conquistar esse título. O Galo hoje é um time muito mais jovem, todo mundo sonha em ter um título Brasileiro. A gente sempre conversa com quem é mais experiente, que já conquistou títulos no clube e sempre falam que isso muda muito a vida do jogador, pode te jogar lá pra frente, a carreira valoriza muito, então todo mundo que está começando ali quer buscar esse título".

"A gente sabe que a torcida está esperando isso há muito tempo, essa ansiedade de se consagrar campeão. A gente tem que controlar isso. Vamos conquistando aos pouquinhos", completou.

play
1:58

Guga mostra confiança em título do Atlético-MG no Brasileirão: 'Mantendo a pegada, temos grandes chances'

Lateral concedeu entrevista exclusiva à ESPN

SITUAÇÃO FINANCEIRA

Na última sexta-feira, o Atlético pagou a folha salarial que estava atrasada referente ao mês de agosto dos jogadores. Com ajuda de parceiros, a diretoria do clube tenta manter as finanças em equilíbrio com o campo.

"A gente tem que cobrar salários em dia, a gente sabe a luta que todos os dirigentes estão fazendo para colocar salários em dia, depois dessa pandemia, sem torcida, o dinheiro está difícil de entrar... mas a gente não pode largar essa grandeza de ser campeão de um campeonato tão difícil. A gente que sabe que sendo campeão muita coisa pode melhorar a vida de todo mundo que está aqui”, afirma.

Veja a resposta completa de Guga abaixo

play
2:08

Guga entende situação financeira do Atlético, diz que salários tem que estar em dia, mas garante: 'Não pode largar a grandeza de ser campeão'

Lateral concedeu entrevista exclusiva à ESPN

MUDANÇAS TÁTICAS

Na hora de atacar, Guga, no esquema tático de Sampaoli, tem jogado mais por dentro, saindo um pouco da lateral e atuando quase como um meia. O atleta comentou como tem sido esse processo e os treinamentos do comandante argentino.

"Ele fala muito em compreender o jogo. Ele tem feito todo mundo evoluir muito, de entender mais o futebol a cada partida. Eu já joguei mais por dentro com o Jardine, na seleção brasileira, que tem uma ideia parecida com o Sampaoli, um jogo mais posicional. Tenho aprendido o futebol de uma outra maneira".

“A maioria dos técnicos não são assim. Ele é um treinador que realmente é diferente, os resultados estão vindo, a gente tem feito grandes partidas... então tem que sugar tudo do que ele passa e do que ele entende".

Para ver a entrevista completa, clique aqui e acesse o YouTube da ESPN Brasil.