<
>

Conmebol confirma calendário 2021 para Copa América, Libertadores, eliminatórias e Sul-Americana, que terá novo formato

A Conmebol anunciou nesta sexta-feira, após reunião de seu conselho, o calendário 2021 das competições de clubes (Libertadores, Sul-Americana e Recopa) e seleções (Copa América e eliminatórias para a Copa do Mundo).

Na atual temporada, por causa da pandemia de COVID-19, os torneios precisaram ser adiados e reprogramados, invadindo o início do ano que vem.

A Libertadores, por exemplo, ainda não tem data definida para a final da edição 2020 no Maracanã - provavelmente na vai acontecer na última semana de janeiro.

A competição válida para a temporada 2021 terá início em 17 de fevereiro com a fase preliminar e vai terminar em 20 de novembro (a decisão está sujeita a mudança de data).

A Sul-Americana, que ainda não retornou em 2020, vai acontecer entre 17 de março e 6 de novembro de 2021. O torneio, porém, terá mudança em seu formato com a adição de uma fase de grupos.

A primeira fase será disputada no formato mata-mata entre quatro equipes de oito países (exceção feita a Argentina e Brasil) se enfrentando entre si e classificando 16 times no total para os grupos.

Eles vão se juntar aos seis classificados de Argentina e Brasil além dos quatro times que perderem na fase preliminar 3 da Libertadores, totalizando 32 clubes.

A partir daí, Libertadores e Sul-Americana seguirão um formato similar: os dois primeiros de cada chave passando para os mata-matas.

A Copa América, adiada de 2020 para 2021, vai acontecer em Argentina e Colômbia entre os dias 9 de junho e 7 de julho.

As eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022 no Catar terão cinco rodadas duplas, totalizando dez jogos para cada seleção no ano que vem (em 2020, serão quatro partidas em duas rodadas duplas).

Veja abaixo o calendário de competições da Conmebol para 2021