<
>

Retrospecto de Messi x Ronaldo, reencontros e favoritos: as histórias da fase de grupos da Champions

play
Os números dos duelos entre Messi e Cristiano Ronaldo na Champions League (1:02)

Os astros de Juventus e Barcelona vão se encontrar na fase de grupos da competição (1:02)

A definição dos grupos da Champions League, naturalmente, sempre traz diversas histórias, previsões e dados para se ficar de olho ao longo da disputa do torneio. Assim, o ESPN.com.br listou alguns deles a respeito da atual edição. Confira abaixo:

Cristiano Ronaldo x Messi

play
1:02

Os números dos duelos entre Messi e Cristiano Ronaldo na Champions League

Os astros de Juventus e Barcelona vão se encontrar na fase de grupos da competição

É claro que este é o duelo mais esperado na fase de grupos depois do sorteio desta quinta-feira. O português e o argentino ficarão frente a frente pela primeira vez desde 6 de maio de 2018, sendo que os dois não duelaram desde que o camisa 7 trocou o Real Madrid pela Juventus.

Eles já se enfrentaram em 35 oportunidades, contando dois amistosos de seleções, com vantagem para Messi: 16 vitórias, dez derrotas e nove empates. O argentino também soma mais gols marcados nos embates (22 a 19).

Pela Champions League, cada um tirou o outro uma semifinal - Ronaldo levou a melhor com o Manchester United em 2007-08, enquanto Messi e o Barcelona eliminaram o Real Madrid em 2010-11. Na única decisão em que duelaram pela competição europeia, o camisa 10 ficou com o título, marcando na vitória do Barcelona sobre o Manchester United por 2 a 0 em 2008-09. Eles nunca se confrontaram na fase de grupos do torneio.

Reencontros

O duelo entre Barcelona e Juventus ainda tem outro fato de destaque: os reencontros de Arthur e Miralem Pjanic com suas antigas equipes, depois de os dois terem se transferido nesta janela.

Outro jogador que irá rever de imediato seu antigo time é o goleiro Édouard Mendy, que acaba de ser vendido pelo Rennes ao Chelsea. Já Achraf Hakimi, que foi revelado pelo Real Madrid, irá reencontrar o clube espanhol, após ter se destacado em empréstimo pelo Borussia Dortmund e ter sido negociado com a Inter de Milão.

Por falar em Borussia Dortmund, o clube alemão irá rever Ciro Immobile, que ganhou a Chuteira de Ouro na última temporada pela Lazio, anos após não ter conseguido ser o artilheiro que os aurinegros buscavam depois da saída de Robert Lewandowski, hoje ídolo do Bayern de Munique.

O atual campeão da Champions League, aliás, irá encarar o Atlético de Madrid, clube ao qual pagou 80 milhões de euros no meio de 2019 para fazer de Lucas Hernández o seu reforço mais caro na história.

Favoritismo

De acordo com o site FiveThirtyEight, site parceiro da ESPN que usa uma série de combinações matemáticas para calcular as probabilidades., o Bayern de Munique, atual campeão com 100% de aproveitamento, é o principal candidato ao título da competição, com 21% de chances, com 5% a mais do que o Manchester City, segundo colocado no quesito. Liverpool (12%) e Barcelona (11%) aparecem na sequência.

Títulos por grupo

Em todos os grupos da Champions há pelo menos um time campeão do torneio. Porém, não há uma chave sequer que contenha mais do que dois clubes que já venceram a competição. A maior concentração de taças está no grupo B, com 15, graças às 13 do Real Madrid.

Já as chaves E e F só têm uma taça cada por conta das conquistas de Chelsea e Borussia Dortmund, respectivamente. Confira abaixo quais são os times campeões de cada chave:

Grupo A (6): Bayern de Munique (6)

Grupo B (15): Real Madrid (13) e Inter de Milão (2)

Grupo C (3): Porto (2) e Olympique de Marselha (1)

Grupo D (10): Liverpool (6) e Ajax (4)

Grupo E (1): Chelsea (1)

Grupo F (1): Borussia Dortmund (1)

Grupo G (7): Barcelona (5) e Juventus (2)

Grupo H (3): Manchester United (3)