<
>

Ex-Liverpool questiona chegada de zagueiro Rúben Dias ao City: 'Se não der certo, será o fim de Guardiola'

Rúben Dias será anunciado nas próximas horas como novo reforço do Manchester City, que pagará 68 milhões de euros (R$ 449 milhões) para tentar resolver os problemas defensivos da equipe de uma vez por todas.

A aposta é cara e também arriscada, como alertou o ex-zagueiro Jamie Carragher. Comentarista da Sky Sports na Inglaterra, o ex-jogador do Liverpool diz que, se Rúben Dias não der certo, será o fim da passagem de Guardiola pelo Etihad Stadium.

"Realmente há muito em jogo para o Manchester City nessa contratação. Se ela não funcionar e não for um enorme sucesso, não acho que o City pode ganhar a Premier League. E não vejo Guardiola ficando no clube em caso de perda de título", disse Carragher.

"Este é o cara escolhido para substituir Vincent Kompany. São 65 milhões de libras, uma contratação grande, mas, se não funcionar, possivelmente é o fim do projeto de Pep", afirmou o defensor.

Em seu comentário, Carragher lembrou de outros zagueiros contratados por Guardiola na carreira e criticou as escolhas do técnico, dizendo que ele costuma escolher o jogador errado.

"A preocupação é que a história do Pep em compras de zagueiros não é das melhores", avaliou Carragher, lembrando nomes como Martin Cáceres, Dytro Chygrynskiy, Matia Benatia e John Stones, que não fizeram sucesso pnas mãos do treinador.

Rúben Dias foi contratado após negociações do City com Kalidou Koulibaly, José Giménez e Jules Koundé, que foram procurados e acabaram não liberados por Napoli, Atlético de Madrid e Sevilla, respectivamente.