<
>

Premier League: Guardiola leva cinco pela primeira vez, sofre com desfalques e vê City reviver drama

A goleada para o Leicester City, domingo (27), no Etihad Stadium, vai martelar na cabeça de Pep Guardiola por um bom tempo e também reviver fantasmas da última temporada, quando o Manchester City não conseguiu competir de igual para igual com o Liverpool pelo título da Premier League.

Foi a primeira vez que Pep Guardiola levou cinco gols em uma partida como técnico. Desde o início no Barcelona até a passagem pelo Bayern de Munique e agora no City, o máximo que tinha acontecido ao espanhol era sofrer quatro gols, como na semifinal da Champions League de 2013-14, para o Real Madrid, ou para o próprio Leicester, em sua temporada inaugural na Inglaterra, em 2016.

O resultado também é difícil de digerir para o elenco do City, que já deia escapar os primeiros três pontos da temporada e podem ver o Liverpool disparar. O time de Jürgen Klopp fecha a terceira rodada nesta segunda-feira (28), contra o Arsenal, e pode chegar a nove pontos, contra três do Manchester (que tem um jogo a menos).

Foi exatamente assim que o sonho do tricampeonato inglês escapou pelos dedos na temporada passada. O City também tropeçou logo na segunda rodada e, após oito jogos, já estava com oito pontos a menos que o Liverpool. No fim, os Reds seguraram a ponta e foram campeões com 18 pontos de vantagem.

Caberá ao City lutar para que isso aconteça. Mas a missão não será nada fácil, ainda mais pelos desfalques. Guardiola começou a temporada sem poder contar com nomes importantes, como Bernardo Silva, Ilkay Gundogan, João Cancelo e principalmente Sergio Aguero, machucado desde a reta final da Premier League passada.

Para piorar, o Manchester ainda perdeu Gabriel Jesus, que se machucou na estreia contra o Wolverhampton e deve ficar pelo menos um mês parado. Assim, Guardiola não tem um centroavante de origem para escalar, o que o faz usar, com mais frequência do que gostaria, o jovem Liam Delap, de apenas 17 anos.

O City volta a campo na próxima quarta-feira (30), para encarar o Burnley, fora de casa, pelas oitavas de final da Copa da Liga. Pelo Campeonato Inglês, o próximo compromisso é sábado (3), também como visitante, contra o Leeds United, de Marcelo Bielsa.