<
>

Palmeiras chuta só quatro vezes no gol contra o Guaraní; veja o ranking de finalizações na Libertadores

O Palmeiras finalizou apenas quatro vezes no empate sem gols com Guaraní no Paraguai nesta quarta-feira na Conmebol Libertadores. Em toda a competição, somente quatro times tiveram marca mais baixa. Em um ranking geral, o time de Vanderlei Luxemburgo é o 30º no quesito.

Os quatro chutes, sendo que apenas dois foram no alvo, ficam abaixa do que é a média alviverde no torneio, de 12,2 tiros por partida. Segundo números do Trumedia, banco de dados dos canais ESPN, 29 clubes, incluindo os das fases preliminares, estão acima disso.

O Palmeiras tem um pouco mais da metade das finalizações que o Racing tem por jogo. Os argentinos são os líderes no quesito, com 21,7 tiros por jogo. O time está na segunda colocação do grupo F, com nove pontos, com três vitórias e uma derrota até aqui.

Curiosamente, o Corinthians, eliminado justamente pelo Guaraní, tem a segunda colocação, com média de 21 finalizações após as apenas duas partidas que fez até a queda. Em seguida, vem o River Plate, da Argentina, com 19,2 chutes por jogo em quatro duelos.

O melhor brasileiro ainda na competição no ranking é o São Paulo, que finaliza em média 15 vezes por jogo, na 11ª posição geral. O Internacional e o Santos dividem o 13º posto entre os números por partida, ambos batendo 14 vezes por duelo a cada vez que vão a campo.

Na 30ª posição, o Palmeiras fica pouco atrás do Athletico-PR, 26º, que bate 12,7 ao gol por jogo. Os paulistas superam, contudo, Flamengo, 34º, e Grêmio, 39º, entre os 47 da lista. A média de finalizações rubro-negra é de 11,7, e a tricolor, 9,2.

O jogo em que o Palmeiras mais finalizou nesta Libertadores foi justamente contra o Guaraní, mas em São Paulo, na vitória por 3 a 1, com 17, 13 a mais do que no Paraguai. Nos triunfos sobre Tigre-ARG e Bolívar-BOL, ambos fora de casa, foram 14 finalizações em cada.