<
>

Inter: Galhardo discorda de repórter e dispara: 'Vou trabalhar não para te agradar, mas para ajudar a equipe'

Após a derrota por 1 a 0 para o Grêmio, nesta quarta-feira, pela Conmebol Libertadores, o meia Thiago Galhardo, do Internacional, discordou de um repórter que considerou que ele teve atuação ruim no Gre-Nal.

Ao ser questionado sobre as dificuldades impostas pela marcação gremista, o atleta deixou claro que não concordou com a avaliação do jornalista.

"Não concordo, mas respeito. Acho que ele (repórter) está tendo uma visão diferente. É fácil falar na hora que o resultado está aí", afirmou.

"Ele tem a visão dele. Respeito, mas não concordo. Vou continuar trabalhando não para agradá-lo, mas para ajudar a minha equipe", acrescentou.

Galhardo também demonstrou certa irritação quando perguntado sobre o "lado psicológico" do Inter quando enfrenta o Grêmio.

"Que lado psicológico, gente? A gente sabe que Gre-Nal é campeonato à parte. Mas nós continuamos líderes na Libertadores, estamos em 2º lugar no Brasileiro com grande campanha. Temos feito grandes jogos. Não podemos nos abalar", salientou.

"Somos muito maduros para entender o momento. Está todo mundo triste, obviamente. É lamentar até amanhã e virar a chave o mais rápido possível para que a gente possa mudar isso com vitórias", completou.

Perguntado se a derrota no clássico pode "ameçar" a sequência na temporada, o meia mais uma vez não gostou do questionamento.

"Ameaça? As pessoas querem ver o circo pegar fogo... É lamentar até amanhã e, nos treinamentos, dar a volta por cima. Temos que recuperar o quanto antes e estar 100% para fazer um grande jogo e seguir na parte de cima da tabela do Brasileiro. E, depois, pensar no América de Cali", finalizou.