<
>

Sette Câmara: 'Atlético-MG não vai liberar Cazares para o Corinthians sem algum tipo de compensação'

Em entrevista à Rádio Itatiaia, o presidente do Atlético-MG, Sérgio Sette Câmara, garantiu que não irá liberar o meia Juan Cazares para o Corinthians sem que o Timão dê "algum tipo de compensação" financeira ao Galo.

A reação vem depois do empresário André Cury, que representa o equatoriano, declarar ao Superesportes que todas as partes estão "muito perto do acordo", e que a negociação poderia ser fechada nesta terça-feira.

Sette Câmara, por sua vez, salienta que o Atlético fará jogo duro.

"Não recebemos proposta. O que vi foi aí na imprensa. Existe uma situação do Cazares que ele tem contrato conosco até 31 de dezembro e ele vai cumprir até a meia-noite de 31 de dezembro. A proposta tem que vir no sentido de ser alguma coisa compensatória para o clube. Liberar o jogador sem qualquer tipo de compensação para o clube, não”, bradou.

"Não, o (presidente do Corinthians Andrés) Sanchez eu tenho uma boa relação com ele, ele não me ligou. Se ele fez contato com o (diretor de futebol Alexandre) Mattos, ele ainda não me chamou. Geralmente, quase que imediato, quando ele tem esse tipo de contato, ele me passa aqui. Tem papo do empresário, mas isso aí é natural no futebol, especulações. Se vier alguma coisa que seja interessante para o clube, a gente vai estudar", acrescentou.

O mandatário ainda lembrou que, se um acordo não for costurado, Cazares terá que seguir sua rotina de treinos à parte na Cidade do Galo até o final do ano.

"É claro que eles estão pensando em pegar o passe dele no início de janeiro e negociar com algum clube, colocar algum dinheiro no bolso, mas eles vão ter que esperar até o dia 31 de dezembro, até a meia-noite o dia 31 de dezembro, porque eu sou osso duro de roer e não vou liberar o jogador de graça, sem que o Atlético tenha algum tipo de compensação ou desconto daquilo que a gente deve a ele. Alguma coisa tem que ser feita para compensar, senão ele vai ficando aqui, cumprindo os horários dele lá no CT", sentenciou.

No momento, Cazares tem acerto verbal com a diretoria do Corinthians, mas depende da liberação por parte do Atlético para conseguir efetuar a transferência para o Parque São Jorge.

Nesta terça, haverá reunião entre a diretoria atleticana e o estafe do equatoriano para tentar aparar as arestas.