<
>

Real Madrid: Zidane reconhece desempenho ruim do ataque e explica por que não usou Jovic

O Real Madrid empatou por 0 a 0 com a Real Sociedad em sua estreia na temporada 2020/21 de LaLiga, neste domingo, no estádio Anoeta. Após a partida, o técnico dos merengues, Zinedine Zidane, disse estar "contente" com a partida, mas mostrou-se resignado com a falta de criação do setor ofensivo de sua equipe.

"Estamos contentes. Em geral, estivemos bem, mas nos faltou claramente criar ocasiões de gol e ter mais clareza no setor ofensivo. Jogamos bem por 40 minutos, mas, no 2º tempo, nos faltou criar ocasiões", declarou.

"São dois pontos perdidos hoje, mas a verdade é que nos custou criar ocasiões. Fizemos uma boa partida a nível defensivo, mas nos faltou um pouco no setor de cima", acrescentou.

Sobre este tema, o goleiro do Madrid, Thibaut Courtois, também falou sobre as dificuldades ofensivas dos blancos.

"Nós temos grande capacidade de fazer gols. Às vezes, o gol teima em não querer sair. Mas temos grande qualidade para fazê-los. Tenho certeza que eles vão começar a sair", salientou.

Ainda na coletiva, Zidane foi questionado sobre o atacante Luka Jovic, que, mais uma vez não foi utilizado pelo treinador.

O francês negou que tenha "qualquer problema" com o sérvio, que custou 60 milhões de euros (R$ 385 milhões, na cotação atual), mas segue sem emplacar na equipe espanhola.

"Temos um elenco, temos jogadores e eu tenho que escolher (quem via jogar). Hoje, eu escolhi esse time. Agora, vamos pensar na próxima partida. Não tenho nada contra qualquer jogador. O que ocorre é que eu não queria mudar o desenho tático do time, e Karim (Benzema) estava bem", justificou.

Zizou ainda comentou a partida de Martin Ødegaard, que fez seu 1º jogo pelo Real em 2020/21 justamente contra sua ex-equipe.

"Estou feliz com sua reestreia. Pouco a pouco ele irá mostrar. Ele não tem dores no joelho, o que é muito importante. Foi sua primeira partida, a tendência é que as coisas vão melhorando. Temos que estar tranquilos com ele e com todos", sintetizou.

O noruguês também ressaltou que ainda está se adaptando ao elenco merengue.

"Estou me entendendo bem (com os novos companheiros), mas o começo é sempre difícil. Com jogadores de tanta qualidade, aos poucos irá ficar mais fácil para mim", disse.