<
>

Real Madrid: Zidane diz não ter problemas com Bale, a caminho do Tottenham, e é vago sobre Hazard

O técnico Zinedine Zidane voltou a comparecer a uma entrevista coletiva neste sábado, véspera da estreia do Real Madrid em LaLiga diante da Real Sociedad, domingo, às 16h (de Brasília), com transmissão ao vivo da ESPN Brasil e do ESPN App além do tempo real com VÍDEOS do ESPN.com.br.

O francês falou sobre a iminente saída de Gareth Bale ao Tottenham e voltou a dizer que nunca teve problemas com galês.

"Nunca tive problemas com Bale. Não jogou o melhor que deveria por diversos motivos. O cargo (que tenho) é assim. Se não é Gareth, é outro. Sempre vou contar com todos. Os jogadores competem, e é o que quero de meu elenco", afirmou.

Ele garantiu que o provável adeus do jogador não lhe trará alívio.

"Não é assim. Se me incomoda ou não, é o de menos, porque não é assim. O tema é mais complicado. Está negociando em Londres. Nunca tive problema com Gareth, nem ele comigo. São coisas que acontecem por distintas circunstâncias. O tema não está assinado ainda, mas não tivemos problemas. Isso não aconteceu. O que fez (na história do Real) ninguém vai discutir. Lhe desejo o melhor, e é isso", continuou.

"Não conversei com ele. O que ele fez aqui, fez bem, foi fenomenal. Ganhou muitas coisas, e os jogadores que passam por aqui sabem do clube em que chegam".

O que Zidane fez questão de deixar claro é que a decisão de sair partiu do próprio Bale: "A vida é assim. Tem que aceitar as coisas. Se ficou, é por algum motivo. O mais importante é o que ele quer fazer. Por isso, minha opinião é a mesma, fazer as coisas juntos: com o clube, com o jogador... No final, quem escolhe é o jogador".

Outro que está a caminho do Tottenham é o lateral esquerdo Sergio Reguilón, e o treinador admitiu que aceitou negociá-lo por causa da competição com Mendy e Marcelo.

"Primeiro, tenho que felicitá-lo pela temporada que fez. Nós temos dois jogadores em cada posição. Nada mais. Tenho dois laterais, e não posso ter mais. Desejo a Reguilón o melhor possível, porque merece estar jogando com o Tottenham", falou.

Sobre a situação de Eden Hazard (se recuperando de lesão no tornozelo), Zidane foi vago. "Não posso dizer exatamente. Ele está melhor. O que queremos, e ele primeiro, é estar 100% e sem dores. Temos tempo, começamos uma temporada, e o que precisa é estar 100 ou 120%, nada mais", afirmou.