<
>

Arteta, um dos melhores do mundo, a felicidade em Londres e a permanência na Premier League: a entrevista exclusiva do 'quase inglês' Willian

play
Willian revela que desejo pesou na ida ao Arsenal: 'Parecia que já estava jogando no time há um tempo' (1:27)

Meia dos Gunners concedeu entrevista exclusiva a João Castelo-Branco, correspondente dos canais ESPN na Inglaterra (1:27)

Willian está de casa nova. Até que a moradia não é tão longe. Do Chelsea para o Arsenal. Tudo em Londres. O brasileiro já é praticamente um inglês. No país desde 2013 quando se acertou com os Blues, o meia não quer sair da cidade tão cedo e viu a oportunidade de continuar a carreira na Premier League pelo rival.

Em entrevista exclusiva a João Castelo-Branco, correspondente dos canais ESPN em Londres, Willian falou sobre o novo clube, a recepção do elenco, os objetivos da temporada e, claro, a resenha dos brasileiros.

"Era um desejo que eu tinha de continuar na Premier League e em Londres. A família gosta muito daqui. Parecia que já estava jogando no time há um tempo. Claro que ainda estou me adaptando a algumas coisas, mas no geral foi uma estreia muito boa", destacou.

A estreia foi com duas assistências e uma cobrança da falta na trave. Mas o melhor: vitória por 3 a 0 sobre o Fulham na rodada de abertura do Campeonato Inglês.

"Eu acho que a confiança depositada, o esforço para me trazer, a forma que fui recebido pelos jogadores e todos do clube, isso facilita para desempenhar o futebol e fazer o que vinha fazendo no Chelsea. Muito feliz pela estreia e principalmente pela forma que o time jogou. Quando você tem a confiança do treinador fica mais fácil", comentou o brasileiro.

Neste pouco tempo de Arsenal, um companheiro já chama muito a atenção de Willian. Seja pela capacidade de colocar a bola nas redes, como também pelas brincadeiras nas redes, Aubameyang é um dos "favoritos" do brasileiro, e teve até torcida pela renovação antes de chegar aos Gunners.

play
1:13

Willian cai na risada ao falar sobre brincadeiras de Aubameyang e elogia faro de gol do atacante: 'Um dos melhores'

Meia dos Gunners concedeu entrevista exclusiva a João Castelo-Branco, correspondente dos canais ESPN na Inglaterra

"Importantíssima a permanência dele. Já tinha visto algumas notícias até mesmo antes de assinar com o Arsenal. Estava torcendo para que renovasse. Um grande jogador, um dos melhores atualmente. Muito bom, que faz muitos gols. Não podíamos perdê-lo".

"Um cara divertido. Me recebeu super bem. Fico feliz pela forma que estou sendo tratado. Ele sempre me filma e faz uma graça. Eles falam algumas palavras (em português), como 'água fria' (risos)", adicionou.

Mas não é apenas o jogador do Gabão que já tem o carinho do meia. Mikel Arteta, técnico do Arsenal, conquistou o apreço de Willian, que elogia o novo técnico sem parar.

play
0:57

Willian comenta que Arteta será um dos melhores técnicos do mundo: 'Fiquei impressionado com a forma que ele conduz o grupo'

Meia dos Gunners concedeu entrevista exclusiva a João Castelo-Branco, correspondente dos canais ESPN na Inglaterra

"Fiquei muito impressionado com a forma que ele conduz o ambiente, o grupo, as reuniões, estratégias, como vamos atacar, instruções do que vamos fazer dentro de campo. Tem muitas ideias na cabeça. Para mim, vai ser um dos melhores treinadores da Premier League e do mundo também. Um cara top dentro e fora de campo", analisou.

E o estilo de jogo de Arteta ajuda Willian a mostrar o seu futebol. O Arsenal vem de dois títulos: a Copa da Inglaterra e também a Supercopa da Inglaterra. Mas o brasileiro quer mais e confia no "jeito Arsenal" de jogar para ver os triunfos.

"O time construir desde o goleiro, com posse de bola e agressividade, atacando as linhas, o gol adversário. Essa agressividade vai ajudar muito o Arsenal a voltar a ser o que era, brigando pelo topo da tabela, por títulos, voltando a disputar a Champions League. Tudo para fazer uma grande temporada".

"Temos que manter os pés no chão e jogo a jogo, passo a passo, semana a semana vamos ganhando mais confiança e vamos vendo até onde podemos chegar", completou.

play
1:25

Willian destaca objetivos do Arsenal e o que o clube deve fazer para 'voltar a ser o que era'

Meia dos Gunners concedeu entrevista exclusiva a João Castelo-Branco, correspondente dos canais ESPN na Inglaterra

Com mais três brasileiros no elenco (David Luiz, Gabriel Martinelli e o também recém-chegado Gabriel Magalhães) a colônia "tupiniquim" já é grande. Para Willian, facilita o entrosamento e a adaptação dos mais novos.

"Tem uma resenha boa. São meninos bons. Já conheço David Luiz há muito tempo. O Gabriel Martinelli e o Gabriel Magalhães passei a conhecer agora. Tem o Edu (diretor técnico) também. Ajuda a adaptação de todos ter muitos brasileiros no time. O Gabriel (Magalhães) não fala inglês, buscamos auxiliar ele nesse sentido", definiu.

É com sorriso no rosto e muita bola no pé que Willian busca continuar sua história em Londres, só que desta vez do lado vermelho da cidade.